Anuncio

Cerca de 200 pessoas, segundo dados os organizadores, realizaram na manhã deste domingo (20) uma caminhada pelas ruas de Guanambi, no Sudoeste da Bahia, pedindo paz no transito e justiça após os irmãos Breno Vieira Fernandes de Souza e Bruno Vieira Fernandes de Souza, serem atropelados no dia 28 de julho, pelo caminhoneiro Hélio Santos Primo, no cruzamento das ruas Maria Quitéria e Joana Angélica, centro.

Os irmãos foram socorridos e encaminhados ao hospital Regional, em Guanambi, ficando internados na UTI- Unidade de Terapia Intensiva. Breno morreu no dia 10 de agosto, seu irmão Bruno não resistiu e faleceu no dia 18 de agosto.

Conforme apurou o portal Folha do Vale, Hélio compareceu à delegacia de Guanambi dias depois, prestou depoimento e foi embora. Os familiares percorreram várias ruas na manhã deste domingo pedindo justiça. Os protestos encerram defronte da delegacia de Guanambi. Segundo informações da 22ª Coorpin, os familiares dos irmãos foram recebidos pela delegada Indhira Marques. Além dela, o delegado José Ribeiro, também é responsável pelas investigações. “Estamos investigando o caso, em breve iremos solicitar da justiça à prisão do motorista”, disse Indhira. Os irmãos seguiam numa motocicleta quando foram surpreendidos pelo caminhão, que seguia em alta velocidade. 

Postar um comentário

 
Top