Lapa-BA: Alunos, familiares e amigos lamentam morte precoce da professora Blânia - Blog Macaubense Life

AGORA

Post Top Ad

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Lapa-BA: Alunos, familiares e amigos lamentam morte precoce da professora Blânia

A cidade de Bom Jesus da Lapa perdeu na manhã desta quarta-feira (23) a professora Blânia de Araújo Santos Souza, de 41 anos, morreu de infarto. O falecimento comoveu alunos e colegas de profissão da educadora.

Blânia que por muito tempo lecionou na localidade de Mossorongo, depois na Escola Balão Mágico, e atualmente trabalhava nas series iniciais na Escola Municipal Paulo Freire, partiu, deixando familiares, amigos, colegas e alunos com muita tristeza.

A secretária da Educação de Bom Jesus da Lapa emitiu uma nota de pesar, se solidarizando com amigos e familiares da professora, declarando luto oficial na Rede Ensino do município nesta quinta-feira(24). “Hoje, nos deixa órfão, sem os seus cuidados de Professora, nas salas de aulas, em casa. Um grande vazio, uma grande perda, uma grande mulher. Lamentamos essa grande perda em uma só. Adeus, Professora Blânia de Araújo Santos Souza”, disse a SEMED. Nas redes socias inúmeros alunos, amigos e colegas manifestaram o sentimento de tristeza pela morte da Professora Blânia, postando fotos e deixando mensagens de apoio aos familiares.


“Ah, Blânia, nem acreditamos que você partiu… Hoje pela manhã, nosso coração se encheu de tristeza, e fez as lágrimas transbordarem pelos nossos olhos. Não acreditamos que a nossa “FLOR”, assim como você tratava a todos carinhosamente se foi tão repentinamente… Aquela que sempre chegava sorridente, lançando suas piadinhas que muito nos divertiam… Blânia, talvez a dor em seu coração era muito grande, mas você nunca deixou transparecer…É difícil compreender os propósitos de Deus, tarefa difícil, principalmente quando a tristeza bate na nossa porta porque acabamos de perder uma amiga querida. Lágrimas passam pelos nossos olhos constantemente e o vazio da saudade aumenta a cada momento.

Que a dor da nossa perda possa ser diminuída um pouquinho a cada dia e que daqui para frente esta ausência seja capaz de nos fortalecer ainda mais. O vazio que ficou jamais será preenchido, mas com a paz de Deus em nossos corações será bem menos difícil. Agora, FLOR, tudo o que nos resta são boas memórias, são imagens, que nos fazem lembrar você.A sua lembrança continua viva, presente, em nossa escola. Que Deus a acolha em Seus braços. Saudades eternas de você, nossa bela FLOR”, escreveu os colegas da escola Paulo Freire onde Blânia era professora. O corpo está sendo velado na casa dos pais da professora, na rua Castro Alves, no Bairro Amaralina. (Lapa Notícias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário