Anuncio



O garimpeiro João Martins Cordeiro Filho, de 35 anos, que ficou gravemente ferido na noite de domingo (20), morreu no Hospital Universitário (HU) de Petrolina, Ele é a segunda vítima da explosão da mina de ametistas em Sento-Sé, no norte da Bahia. Seu colega de trabalho, Ivanilson Bezerra da Silva, de 22 anos, morreu no local.

De acordo com relatos, o acidente aconteceu quando os garimpeiros realizavam um trabalho num buraco e, após explodi-lo usando as dinamites, desceram para o local, sem perceber que ainda havia explosivos no interior. Segundo informações, esse foi o terceiro acidente registrado no local.

A jazida de ametistas foi descoberta em abril deste ano. Ela fica localizada a cerca de 54 km do centro de Sento Sé. O local não possui infraestrutura, mas isso não preocupa os garimpeiros, que vêm de todo o país e lotam os hotéis e pousadas do município para tentar achar ametistas no local. O valor do aluguel de imóveis passou de R$ 400,00 para R$ 1.500,00 em média. Vale lembrar que a mina é considerada ilegal. (foto/arquivo reprodução) Atualizado // Blog do Carlos Britto

Postar um comentário

 
Top