Anuncio

Uma baleia jubarte de 13,5 metros foi encontrada morta, no domingo (20), na Praia da Paixão, na cidade de Prado, região sul da Bahia. O corpo do mamífero estava em estado avançado de decomposição e encalhou na areia da praia. De acordo com o Projeto Baleia Jubarte, que coleta dados sobre os animais na região, a baleia era uma fêmea e estava grávida. Só havia um filhote, que também morreu.

Conforme o projeto, técnicos do grupo estiveram no local do encalhe, realizaram uma necrópsia e, durante o procedimento, encontraram um feto em formação na carcaça da baleia. Os especialistas colheram amostras do animal para determinar as causas da morte. No entanto, o exame ainda não ficou pronto.

Segundo o projeto, o corpo da baleia jubarte foi deixado na praia e deve ser removido do local nos próximos dias. Nesses casos, conforme o projeto, as baleias são enterradas na própria praia. Ainda de acordo com o grupo, este é o 19º encalhe de baleias jubartes registrado na Bahia nesta temporada de reprodução. No Brasil, conforme o projeto, foram registrados 52 encalhes da espécie.

Temporada de reprodução
De acordo com especialistas, as baleias migram para o litoral baiano todos os anos para acasalar e dar à luz filhotes. A temporada de reprodução ocorre entre os meses de julho e outubro, no inverno. Os animais são atraídos para a região por conta das águas quentes, apesar da época do ano. As aparições são mais comuns no sul do estado.

Nessas regiões, é normal encontrar empresas de turismo especializadas no passeio de barco para observação de baleias. Durante os passeios, é possível ver como os mamíferos se comportam. Especialistas dizem que, embora sejam enormes, as baleias têm um excelente senso de localização e, dificilmente, se aproximam dos barcos porque conseguem perceber a presença da embarcação à distância. G1 BA


Postar um comentário

 
Top