Anuncio

Trabalhadores dos Correios decidiram deflagrar greve por tempo indeterminado na manhã desta segunda-feira (21). O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos da Bahia (SINCOTELBA), Josué Canto, afirmou que a greve foi motivada após a retirada de vigilantes das unidades de Salvador e do interior do estado.

“Estamos fazendo uma greve emergencial. As unidades dos Correios estão sem segurança. A vida dos trabalhadores e dos clientes não vale mais nada. A questão da empresa não é financeira, é maldosa, para deixar precário e terceirizar o serviço. Não podemos aceitar isso. Estamos sem segurança em nenhuma unidade da Bahia e do Brasil a partir de hoje”, detalha.

O representante da categoria acrescenta ainda que a justificativa usada pela estatal é redução de custos. A greve acontece, segundo Josué Canto, após conversas com os Correios. “Discutimos há mais ou menos dois meses, e na última sexta-feira, a categoria decidiu, em assembleia, deflagrar a greve”. Por causa do ato, alguns serviços foram afetados. “Algumas coisas vão funcionar, porém em relação ao atendimento, prédio central e em unidades onde os vigilantes foram retirados, o serviço funciona parcialmente”, explica. Uma nova reunião dos trabalhadores está prevista entre esta segunda e terça-feira (22). Bocão News

Postar um comentário

 
Top