Suposto líder do tráfico em Caetité é surpreendido executado a tiros em Carinhanha - Blog Macaubense Life

AGORA

Post Top Ad

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Suposto líder do tráfico em Caetité é surpreendido executado a tiros em Carinhanha

Um homem identificado como Juliano Lacerda Monte Alto, de 28 anos, foi morto a tiros. Ele era apontado pela polícia como um dos líderes do tráfico de drogas em Caetité. De acordo com informações obtidas pelo site Sudoeste Bahia, dois homens em uma motocicleta teria abordado a vítima e efetuado os disparos.

Segundo a Polícia Civil, um dos tiros atingiu a cabeça da vítima, enquanto outro perfurou o pescoço. A precisão dos disparos bem como a característica do crime como um todo leva a suspeita de acerto de contas. O crime ocorreu na tarde desta segunda (18). O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) chegou a ser acionado, mas a vítima morreu no local. A perícia da Polícia Civil e o Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local para remover o corpo e colher pistas que possam levar a autoria do assassinato. O caso deve ser investigado pelo Serviço de Inteligência da 22ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin).

Sepultamento
O corpo do homicida Juliano Lacerda Monte Alto de 28 anos, alvejado na cabeça e no pescoço no final da tarde da última segunda-feira, 18 de setembro, foi enterrado no final da tarde desta terça-feira (19), no Cemitério da Saudade, em Carinhanha, no Oeste da Bahia. Monte Alto foi alvejado defronte sua residência na Rua do Sacramento, região central, por dois homens armados montados em uma motocicleta. Ele ainda foi socorrido pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel a Urgência (SAMU) e encaminhada ao hospital Maria Pereira Costa (Dona Quinha), mas não resistiu aos ferimentos. Juliano é apontado pela polícia com um dos líderes do tráfico de drogas, em Caetité. Em 2011, Juliano foi preso pela primeira vez durante uma operação realizada pelo Cipe/Cerrado. Em 2012, ele assassinou Genésio Cerqueira de Souza (Genésio Dentista), com vários disparos e baleou seu filho Carlos Cerqueira de Souza, (Tozin), também foi baleado. [Do Sudoeste Bahia e Folha do Vale]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas do Blog