Anuncio

O advogado do principal suspeito de atropelar e arrastar um ciclista entre Osasco e São Paulo, na tarde de quarta-feira (30), esteve na delegacia neste sábado (2) para conversar com os policiais, informou ao UOL um funcionário da delegacia, que pediu para não ser identificado. Segundo ele, o advogado disse que iria reunir-se com a família e tentar convencer o motorista a se entregar na segunda-feira (4).
Mario Prestes Neto, de 61 anos, está foragido. Ele foi denunciado pela própria filha, que registrou um boletim de ocorrência em Itapevi, município da Grande São Paulo.


O pintor Gilmar Barbosa da Mata, 45, voltava do trabalho para casa. Às 17h50 de quarta-feira (30), o motorista de um Renault Clio preto atropelou e arrastou Mata no capô do carro por cerca de 2,5 km, desde a avenida das Nações Unidas, em Osasco, na Grande São Paulo, até o viaduto do Cebolão, já na capital, onde caiu e não resistiu aos ferimentos. O motorista deixou o local do incidente sem prestar socorro à vítima. 

Natural de Boquira, na Bahia, a vítima trabalhava como pintor e morava em São Paulo havia cerca de 18 anos. Ele faria aniversário de 46 anos na sexta-feira, 1º. O incidente ocorreu no primeiro dia em que foi ao trabalho de bicicleta, pois costumava utilizar o próprio carro no trajeto. 

O crime foi registrado no 91º DP (Distrito Policial), no Ceasa, zona oeste da cidade, por homicídio doloso, ou seja, quando há intenção de matar. O crime é passível de pena de 12 a 30 anos de reclusão. Por volta das 19h de quinta-feira, o carro foi localizado em Itapevi, na região metropolitana de São Paulo. Vídeo logo abaixo:


Postar um comentário

Pesquisar este blog

 
Top