Anuncio

O gás de cozinha vai subir pela quarta vez em dois meses, nesta quarta-feira (11), o preço do botijão de 13 kg será reajustado em 12,9% pela Petrobras. A estimativa é que para o consumidor o repasse seja de 5,1%, um aumento de R$ 3,09.

“Como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas nas refinarias podem ou não se refletir no preço final ao consumidor. Isso dependerá de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores”, defendeu a Petrobras. Em setembro o reajuste tinha sido de 12,2%.

No país
Em nota, o Sindigás, que representa as empresas distribuidoras de todo o país, estimou que, no Brasil, o reajuste oscilará entre 7,8% e 15,4%, de acordo com o polo de suprimento. "A correção aplicada não repassa integralmente a variação de preços do mercado internacional, com isso, o Sindigás calcula que o preço do produto destinado a embalagens até 13 quilos ficará 6,08% abaixo da paridade de importação, o que inibe investimentos privados em infraestrutura no setor de abastecimento", afirmou.


Postar um comentário

 
Top