Gêmeas com cores de pele diferentes fazem sucesso no Instagram. - Blog Macaubense Life

AGORA

Post Top Ad

sábado, 18 de novembro de 2017

Gêmeas com cores de pele diferentes fazem sucesso no Instagram.


As gêmeas Isabella e Gabriela, de 7 meses, estão encantando a internet não apenas pela fofura comum a bebês dessa idade, mas, principalmente, porque as duas irmãs têm cores de pele diferentes.

O "fenômeno" é possível porque elas não são gêmeas idênticas, mas, sim, dizigóticas. Ou seja, foram geradas na mesma gravidez, mas a partir de dois óvulos da mãe fecundados por espermatozóides do pai.

A conta no Instagram feita por Clementina Shipley, mãe das meninas, para mostrar o crescimento delas e a rotina com a irmã mais velha, Angelina, de 2 anos, tem mais 10,5 mil seguidores.

As três irmãs têm olhos expressivos e esbanjam fofura nos cliques feitos pela mãe. As bebês completaram 7 meses no último dia 3, e a foto de aniversário recebeu mais de 1500 curtidas. Em entrevista à revista americana "Essence", Clementina contou um pouco sobre a rotina com as gêmeas.

"Isabella é uma bebê calma e super relaxada. Ela ri sempre que alguém olha para ela e ama receber cócegas. Gabriella começou a engatinhar com cinco meses e não parou de se mexer desde então. Ela é uma bola soridente de energia e ama um aconchego", disse.

As gêmeas apareceram nas redes sociais pela primeira vez em julho. Apesar das curtidas e elogios nas fotos, Clementina disse que também recebeu comentários maldosos sobre as meninas porque Isabella tem a pele visivelmente mais clara que a da irmã.

"Foi uma recepção incrível compartilhar fotos das nossas bebês online, realmente mostra o quão incrível são os genes negros já fomos capazes de gerar bebês tão únicas. De tempos em tempos, recebemos comentários negativos sobre a cor da Gabriella, perguntam se ela é amada e se é considerada bonita por causa da sua pele mais escura. Algumas pessoas também pensam que elas foram trocadas, mas elas são negras americanas, olhos cinzentos correm em nossa família então duas das nossas três filhas os têm, mostrando mais uma vez o quão incríveis são os genes negros", disse Clementina. [Via EXTRA]

Nenhum comentário:

Postar um comentário