Anuncio


Nesse sábado (18), por volta dás 17h e 20 min, a delegacia de policia de Seabra recebeu um telefonema de populares, do povoado da Lajinha, informando a possibilidade de um corpo enterrado em um terreno. A equipe de plantão se deslocou até a zona rural, movidos pela possibilidade de um corpo enterrado em um terreno.

Ao chegar ao local, encontraram marcas de sangue antigo pela área e um buraco de 1,30m X 0,80cm, recentemente fechado. A proprietária do terreno informou que o buraco já estaria aberto há muito tempo, e que o que chamou a sua atenção foi o mesmo ter aparecido fechado da noite para o dia. De imediato, a equipe começou a cavar o buraco, encontrando, na profundidade de 1,3m, encontraram um corpo não identificado.

O referido corpo apresentava sinais de violência, lesão contusa na região da nuca, estava vendado e possuía uma sonda uretral. Com base nessas informações, a equipe deslocou até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento de Seabra), visando descobrir pacientes que teriam feito o procedimento de inserção de sondas recentemente.

Na UPA, através de fotografias apresentadas aos profissionais do local, o corpo foi identificado como sendo do Sr. Reginaldo Mendes Pires, morador de Seabra, que atuava na área de revenda de veículos usados. Foi expedida guia de necropsia, sendo o corpo encaminhado para o DPT (Departamento de Policia Terrestre) da cidade de Irecê.

Até o presente momento, segue desconhecida a causa da morte, e até mesmo porque um senhor, Reginaldo Mendes Pires, 60 anos foi morto de forma tão brutal. [Fonte: Chapada News]

Postar um comentário

 
Top