Criança tem cabeça decepada ao morrer enganchada durante o parto em Conceição do Jacuípe-BA. - MACAUBENSE LIFE

Agora

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Criança tem cabeça decepada ao morrer enganchada durante o parto em Conceição do Jacuípe-BA.

Um bebê teve a cabeça decepada após morrer durante o parto, na cidade de Conceição do Jacuípe, na Região Metropolitana de Feira de Santana, a 100km de Salvador, no último dia 11 deste mês.

Segundo o Boletim de Ocorrência registrado no dia 13 na 3ª Coorpin de Conceição do Jacuípe pelo pai da criança, sua esposa Renata dos Santos, deu entrada no Hospital Antônio Carlos Magalhães, em Conceição do Jacuípe, no dia 11 de dezembro, já em trabalho de parto.

A irmã de Renata que a acompanhava perguntou ao médico se sua irmã ia ter o bebê ali mesmo já que o hospital não oferece condições e o parto poderia ser complicado, pois a criança estava com quase cinco quilos, segundo ultrassonografias feitas durante o pré natal.

O médico explicou que não dava tempo de transferir a mãe para o hospital de Feira de Santana, o bebê segundo o médico estava quase nascendo. Por volta das 16h30, o bebê começou a nascer, houve complicação e o bebê ficou entalado, apenas com a cabeça para fora, a mãe foi levada às pressa para o Hospital Cleriston Andrade Em Feira de Santana.

No Cleristo Andrade foi constatada a morte do bebê por asfixia, os médicos então informaram que foi necessário cortar a cabeça da criança para preservar a vida da mãe, e depois seria realizado um procedimento para tirar o resto do corpo do bebê de dentro da mãe. Segundo o BNNews, os hospitais, a secretaria de saúde de Conceição do Jacuípe e os órgãos responsáveis foram procurados mais não retornaram os contatos.

Segundo presidente do Sindicato dos Médicos da Bahia (Sindmed), Francisco Magalhães, que afirma ainda não saber do caso, mas ressaltou: "A situação das maternidades em nosso Estado é muito ruim. Não têm estrutura e, muitas vezes, nem médico. A obstetrícia e psiquiatria são os piores quadros. A situação é realmente de desespero". [Via Bahia Extremosul]

Nenhum comentário:

Postar um comentário