Vídeos: Por conta das enchentes, famílias começam a deixar suas casas em rua de Medeiros Neto-BA. - MACAUBENSE LIFE

Agora

sábado, 16 de dezembro de 2017

Vídeos: Por conta das enchentes, famílias começam a deixar suas casas em rua de Medeiros Neto-BA.


As chuvas, que há muitos anos não caiam em nossa região, com a fartura e abundância costumeira, finalmente chegaram neste final de ano de 2017. Para se ter uma ideia, os últimos dias se destacaram por terem tido o maior índice de chuvas dos últimos 6 anos, de acordo com os sites de previsão do tempo.


Porém, em Medeiros Neto, dezenas de famílias, que moram na Rua Gilberto Aroeira, tiveram que deixar suas casas por conta das cheias do Rio Água Fria que, segundo relatos de moradores, começou a subir rapidamente, por volta das 2 horas da manhã desta quinta-feira (14), chegando a subir mais de 2,40m.

A manhã desta quinta foi de correria para os trabalhadores da Secretaria de Assistência Social e da Diretoria de Transportes e Obras, que prestaram assistência às famílias, realocando os desabrigados.

No final da tarde da quinta-feira (14) 10 famílias haviam deixado suas casas. Já nesta sexta-feira (15), mesmo não chovendo na cidade de Medeiros Neto, o rio continuou ganhando volume, provavelmente por estar recebendo mais chuvas em sua cabeceira, o que fez com que quase todas as famílias da região ribeirinha saíssem de suas casas, para evitar problemas ainda maiores; Alguns foram para abrigos, fornecidos pela Assistência Social da Prefeitura, outros para casa de parentes, como no caso da família dos meninos Pablo e Pakis.

Ainda de acordo com informações, outra equipe da prefeitura vem realizando vistorias em encostas para detectar as áreas de risco.

Em uma região entre as comunidades de Nova Zelândia e Água Limpa, a represa de uma fazenda, de propriedade do pecuarista conhecido como Anderson da UAI, que é tida como a maior do município, se rompeu devido ao rápido acúmulo de água.

Já na cidade de Itanhém, as chuvas que descem da parte alta da cidade acumulam e alagam, costumeiramente, o bairro São João que, lá, é conhecido como “Pato Arrepiado”, causando danos aos que moram naquela localidade.

Os prejuízos recorrentes das enchentes ainda não foram contabilizados. Veja mais imagens na galeria. [Fonte: Medeiros Dia a Dia] Vídeos abaixo:



Nenhum comentário:

Postar um comentário