Teixeira de Freitas-BA: Homem descontrolado quebra agência da Águia Branca após saber que tinha perdido o horário. - MACAUBENSE LIFE

Agora

terça-feira, 3 de abril de 2018

Teixeira de Freitas-BA: Homem descontrolado quebra agência da Águia Branca após saber que tinha perdido o horário.


Na tarde desta segunda-feira, 02 de abril, a Polícia Militar foi acionada para atender a uma ocorrência de quebra-quebra em uma agência da Águia Branca, localizada no Terminal Urbano de Teixeira de Freitas. O fato aconteceu por volta das 15h30, quando um homem, extremamente descontrolado, começou a quebrar a agência, em posse de um pedaço de ferro. A porta de vidro da agência, dois computadores e outros objetos foram danificados na ação.



Os funcionários e clientes que ficaram muito assustados com o ato do indivíduo, que foi identificado como sendo, Adilson Silva Batista, 51 anos de idade, morador do Bairro São Lourenço. Segundo o funcionário que estava atendendo o Adilson, o passageiro chegou por volta das 15h30, para embarcar em um ônibus marcado para as 15h00, que ia sentido à Salvador. Ao receber a informação de que ele não poderia mais embarcar, pois havia chegado atrasado, e perdido o ônibus, ele ficou enfurecido e começou a quebrar tudo.


A Polícia Militar foi acionada e conduziu o Adilson para a Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas, onde foi apresentado ao delegado Maderson Souza. Segundo o acusado, ele chegou no guichê por volta das 14h48, sendo que ia embarcar às 15h00, e foi impedido por funcionários, alegando que ele não poderia mais embarcar, pois, o ônibus já estava partindo. Ele teria retornado à bilheteria, momento que se sentiu hostilizado e enganado pelos funcionários, que fizeram de tudo para ele não embarcar.

Nesse momento, alega o acusado, que foi tomado de um furor incontrolável, pois ele estava indo para Salvador fazer um tratamento com psicólogo e neurologista, pois ele tem problemas mentais, que precisam de acompanhamento médico e remédio controlado (tarja preta). Após ouvir o acusado, o delegado lavrou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e em seguida, ele foi liberado. [Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews]

Nenhum comentário:

Postar um comentário