Teixeira de Freitas-BA: Garota é morta com golpe de canivete pela companheira - MACAUBENSE LIFE

Agora

sábado, 19 de maio de 2018

Teixeira de Freitas-BA: Garota é morta com golpe de canivete pela companheira


No início da madrugada deste sábado, 19 de maio, um homicídio foi registrado na Avenida Gonçalves Ledo, no Bairro Bela Vista, em Teixeira de Freitas. A Central de Polícia Militar foi acionada por volta de 01h20 e informada do crime, e uma guarnição do 1° Pelotão se deslocou até o local, onde confirmou o fato e encontrou o corpo de uma mulher, caída em um quarto no interior da residência. Segundo as primeiras informações, aconteceu uma discussão entre a vítima e a autora, que mantém um relacionamento amoroso há cerca de 02 anos.



A vítima foi identificada como sendo Adriana Conceição da Anunciação, 24 anos de idade, natural de Alcobaça/BA. Com a chegada da guarnição do 1° Pelotão, a autora foi localizada e presa em flagrante delito. Trata-se de Danielle Pereira dos Santos, 26 anos de idade. Os militares realizaram buscas e encontraram a arma usada no crime, um canivete com cabo de madeira. A autora e a arma do crime foram conduzidas para a sede da Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas, onde o caso foi registrado.
A delegada plantonista, Andressa Carvalho, e sua equipe, se deslocou até o local do crime, onde realizou o levantamento cadavérico. A delegada solicitou perícia e uma equipe do Departamento de Polícia Técnica, composta pelos peritos Danilo Bastos e Pedro Paulo, esteve no local realizando os trabalhos periciais. Segundo os peritos, a vítima foi atingida por um único golpe, que atingiu a parte superior do tórax.

Adriana ainda possuía uma marca de mordida no braço e marcas pelo corpo, possivelmente, fruto de uma briga. Após perícia, a delegada autorizou remoção do corpo de Adriana ao IML de Teixeira de Freitas, onde será submetido à necropsia, na manhã deste sábado. A delegada retornou para a Delegacia, onde ouviu os militares e iniciou a oitiva de Danielle, que foi flagranteada pela delegada Andressa Carvalho por homicídio (artigo 121).
Danielle foi conduzida para a carceragem da Delegacia Territorial, onde seguirá presa à disposição da Justiça. Em conversa com nossa equipe de reportagem, Danielle disse que o crime foi um acidente, onde após se assustar acabou golpeando Adriana. A mesma disse que não houve briga, mas, perguntada sobre a marca de mordida no braço de Adriana, ela disse que fazia tempo e não queria mais falar sobre o caso. A delegada irá finalizar o inquérito de homicídio com autoria definida. [Por: Rafael Vedra/LiberdadeNews]

Nenhum comentário:

Postar um comentário