Vídeo: Mãe e avó de Riacho de Santana-BA diz que quer a cinza da filha e dos netinhos” sobre o prédio que desabou em SP. - MACAUBENSE LIFE

Agora

sexta-feira, 4 de maio de 2018

Vídeo: Mãe e avó de Riacho de Santana-BA diz que quer a cinza da filha e dos netinhos” sobre o prédio que desabou em SP.


A senhora, Romelita Almeida Alves, residente na comunidade quilombola do Agreste, no município de Riacho de Santana (BA), encaminhou vídeo ao Jornal Nacional, da TV Globo, nesta quinta-feira (3/5), comentando sobre a angústia da falta de notícias dos parentes que estão desaparecidos, após o desabamento do prédio, no centro de São Paulo (SP). “Eu quase não estou tendo palavra para falar. Eu estou muito cortada. 



Mas eu quero justiça. Se tiver justiça, eu quero justiça. E quero também que eles façam força para ver se conseguem resgatá-la, nem que for a cinza. Eu quero a cinza dela na minha beira. Da minha filha e dos meus filhos, dos meus netinhos”. Romelita é mãe de Selma Almeida da Silva, de 40 anos e avó dos gêmeos Wendel e Wender, de 10 anos, que moravam no 8º andar do referido edifício, onde ocorreu a tragédia na madrugada da última terça-feira (1/5). 



Segundo informações obtidas pelo Portal Vilson Nunes, Selma, que trabalhava como catadora de material reciclável estava na espera da casa própria, que fica localizada a 300 metros do prédio onde ela morava. Mas a espera foi longa demais. Faz dez anos do começo da obra, cinco desde que terminou o prazo para a entrega das chaves. Ela acreditava que ia mudar de endereço em 2018.


Os bombeiros calculam que até agora tenham retirado 240 toneladas de escombros. As escavadeiras, por enquanto, são mantidas só no entorno. Até o início da noite desta quinta-feira (3), oficialmente, os bombeiros trabalhavam com o número de quatro desaparecidos: Ricardo, que estava sendo resgatado quando o prédio veio abaixo, a moradora Selma Almeida da Silva e os dois filhos gêmeos. Vídeo abaixo


Nenhum comentário:

Postar um comentário