Cipó-BA: Grave acidente deixa mulher morta e diversos feridos, sendo dois deles em estado grave. - MACAUBENSE LIFE

Agora

domingo, 3 de junho de 2018

Cipó-BA: Grave acidente deixa mulher morta e diversos feridos, sendo dois deles em estado grave.


Um grave acidente fez diversas vítimas, quando estas transitavam pela BR 110, nas proximidades do acesso à estrada do Itapicuru, em Cipó-BA. O fato aconteceu por volta das 18:00hs da última quinta-feira, 31.


De acordo com informações preliminares, a tragédia aconteceu quando o condutor do um Fiat Uno de cor branca, demais dados não informados, perdeu o controle da direção, capotando o veículo que atingiu uma motocicleta de dados não informados, que seguia sentido contrário. O carro era ocupado por um grupo de pessoas que seguia sentido Ribeira do Pombal-BA, onde ocorreria um casamento coletivo, sendo que entre os acidentados estaria um casal de noivos.

No momento do acidente, a condutora da motocicleta identificada como Marilene de Santana, 38 anos, moradora do bairro Cipó, em Cipó-BA, não resistiu aos ferimentos, tendo o seu óbito constatado ainda no local. Já os ocupantes do carro foram identificados como: Dilza Alves de J. Santos, idade não informada; Antonio dos Santos, idade não informada; Laercio Vinicius Santos da Silva, 21 anos, que é pastor de uma igreja evangélica em Ribeira do Amparo-BA; Jackson Santos da Silva (Jack), 43 anos; e Conceição Soares da Silva Santos, idade não informada. Jackson e Conceição seriam os noivos que participariam da cerimônia religiosa.
Casal participaria de casamento em Ribeira do Pombal-BA.
Antonio, Laercio, Jackson e Conceição, foram transferidos para o Hospital Geral Santa Tereza, em Ribeira do Pombal-BA, onde foi constatada inicialmente gravidade no estado clínico de Antonio e Conceição. Já o quadro de Jackson e Laercio, era considerado inicialmente como estável. Informações que não foram atualizadas até o fechamento desta matéria.

Veículo saqueado
De acordo com informações passadas pelas forças policiais que atenderam a ocorrência, populares realizaram saques no Fiat Uno acidentado. Na ocasião, foram percebidas as faltas de: pneus, aparelho de som, e carteiras contendo documentos das vítimas. Devido aos saques dos documentos, os policiais tiveram dificuldades nas respectivas identificações das vítimas, além de prejudicar na inclusão imediata dos pacientes mais graves na Central de Regulação. Os saqueadores não foram identificados. [Do Portal Alerta]

Nenhum comentário:

Postar um comentário