Cotegipe-BA: Padrasto é o principal suspeito de ter matado sua enteada, uma criança de 1 ano e 11 meses no oeste. - MACAUBENSE LIFE

Agora

terça-feira, 24 de julho de 2018

Cotegipe-BA: Padrasto é o principal suspeito de ter matado sua enteada, uma criança de 1 ano e 11 meses no oeste.


No começo da tarde desta segunda-feira (23), uma criança identificada como Anny Sofia Santos de Souza de 1 ano e 11 meses foi encontrada morta aparentemente por asfixia no Povoado de Taguá no município de Cotegipe/BA. A família ainda tentou o socorro levando a criança para o Hospital Regional onde foi constatado o óbito.



A suspeita recai principalmente sobre o padrasto identificado pelo nome de Diones Teixeira Modesto, 29 anos, que segundo informações de familiares à nossa reportagem, teria tido uma forte discussão com sua ex-mulher de nome Maria Aparecida Dias, com quem possui dois filhos e terminaram a relação quando o mesmo foi preso pela acusação de homicídio.

Quando separada Maria Aparecida teve um relacionamento conjugal com João Pereira de Souza Neto, com quem do fruto deste novo relacionamento gerou Anny Sofia que posteriormente passou a morar com a avó em Riachão das Neves.

Quando Diones, (anterior marido de Maria Aparecida e suposto acusado do crime), foi solto da cadeia, Maria teria então desfeito do relacionamento com João Pereira e voltado a se relacionar com Diones, seu ex-marido. Ainda segundo informações de parentes, a mãe da Sofia teria levado a criança para Taguá onde reside o “padrasto” para passar uns tempos com ele e então após a suposta discussão, o crime aconteceu.

A equipe da Polícia Técnica de Barreiras se deslocou para Cotegipe onde fez todo levantamento pericial. O corpo de Anny Sofia foi levado para o necrotério do DPT onde os exames de necropsia deverão confirmar a morte por estrangulamento.

O crime é investigado pela Polícia Civil de Cotegipe e o acusado encontra-se foragido. Segundo o Delegado que está à frente das investigações, o suposto acusado teria sido visto descendo o rio em uma embarcação. [BlogBraga/ Repórter Paiva]

Nenhum comentário:

Postar um comentário