Riachão das Neves-BA: Moto-taxista que estava desaparecido é encontrado morto com marcas de violência no povoado de Barra do Riacho. - MACAUBENSE LIFE

Agora

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Riachão das Neves-BA: Moto-taxista que estava desaparecido é encontrado morto com marcas de violência no povoado de Barra do Riacho.


No começo da tarde desta quarta-feira (11), por volta das 13:00h o corpo de um homem foi encontrado dentro de um barraco de lona com marcas de violência no povoado de Barra do Riacho município de Riachão das Neves/BA.

Foi confirmado pela polícia que o corpo é do moto-taxista identificado como Nilson Ferreira da Silva, 51 anos, residente no bairro Santa Luzia, em Barreiras, que estava desaparecido desde o início da tarde desta terça-feira (10). O desaparecimento do moto-taxista começou a ser divulgado ontem nas redes sociais.

Nilson trabalhava no ponto do Hospital do Oeste em Barreiras. Suspeita-se que a motivação do crime seria roubo seguido de morte (latrocínio), haja vista não ter sido encontrado uma pochete onde o moto-taxista costumava guardar itens de valor.

Pessoas da localidade encontraram a motocicleta da vítima, uma Yamaha YBR, cor branca, placa policial PJK 2628, caída às margens de uma estrada a cerca de 01 quilômetro do corpo. O colete de moto-taxista também foi encontrado nas imediações.

Segundo informações a suspeita recai sobre um indivíduo que teria contratado a corrida para Barra do Riacho. A Polícia Civil já colheu depoimento de pessoas que teriam testemunhado a contratação da corrida e as investigações estão avançadas.

A Polícia Militar de Riachão das Neves foi acionada, e registrou a ocorrência resguardando o local até a chegada da equipe do Departamento de Polícia Técnica de Barreiras (DPT) que fez a perícia do corpo e do local. A vítima foi removida para o necrotério do DPT pelo rabecão.

Mototaxistas de Barreiras que são companheiros de trabalho da vítima, e também o presidente do sindicato da categoria, compareceram no local e além de muito tristes com a situação expressam sua indignação por tal ato hediondo. [BlogBraga/ Repórter Paiva]






Nenhum comentário:

Postar um comentário