Safadão quebra silêncio e chora ao falar sobre batalha judicial que trava com a ex-mulher - MACAUBENSE LIFE

Agora

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Safadão quebra silêncio e chora ao falar sobre batalha judicial que trava com a ex-mulher


Após a ex-mulher Mileide Mihaile falar sobre a batalha judicial por conta da revisão de pensão do filho, Wesley Safadão usou o Instagram para fazer um desabafo. Ele afirmou que em toda história existem três lados: “duas versões e a verdade”. O cantor ressaltou que “o tempo é o senhor das razões”.

“Em 2012, com o fim da minha união estável, todas as minha obrigações foram definidas pela Justiça, inclusive a pensão. Em 2015, quando a minha vida graças a Deus começou a mudar, além do acordo da pensão, passei a oferecer um valor a mais, além de todos os outros pedidos. Quero deixar bem claro que não foram só dez salários mínimos“, disse ele emocionado.

Safadão disse que demorou em se pronunciar para proteger os filhos, mas afirmou que dói ver que está sendo julgado sobre um assunto da vida particular.

“Quando surge qualquer assunto que diz respeito a eles [filhos], a melhor forma de se resolver é a que eles sejam o menos afetados. É muito difícil ver tudo isso que vem sendo publicado. O Yhudy não vai ter essa idade para sempre, ele vai crescer. Eu não quero jamais que ele veja o pai falando da mãe. Muitos de vocês gostariam de compreender mais a fundo essa situação, mas não acho saudável para o futuro dos meus filhos tornar isso ainda mais exposto. Meus filhos e a minha família não precisam passar por isso. Com esse acesso à internet é impossível preservar e blindar eles de toda essa situação“, ressaltou.

O cantor ainda contou que desistiu de se mudar para São Paulo, como queria seu escritório, para ficar mais perto do filho, que vive em Fortaleza. “Só quem é pai sabe o prazer de levar o filho para a escola. Não abro mão e jamais vou deixar que isso deixe de acontecer, independente de qualquer coisa. Isso para mim não tem preço.”

Entenda o caso:
Mileide Mihaile afirmou que o Safadão entrou na Justiça para diminuir a pensão do filho do casal, Yhudy. Ele pagava 10 salários mínimos de pensão e passou a incluir a mensalidade da escola de R$ 2.600, que antes ele pagava por fora, no valor. Por meio de sua assessoria de imprensa, o cantor negou que teria reduzido o valor da pensão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário