Barreiras-BA: Operação Boi Forte prende acusado de tráfico de drogas, furto de gado e contrabando de cigarro. - MACAUBENSE LIFE

Agora

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Barreiras-BA: Operação Boi Forte prende acusado de tráfico de drogas, furto de gado e contrabando de cigarro.


O Núcleo de Inteligência da 11ª Coordenação de Polícia do Interior (Coorpin), em operação integrada com o Pelotão Especial Tático Operacional (Peto) da 83ª e 84ª Companhias Independentes da Polícia Militar de Barreiras, Oeste da Bahia, cumpriu, na manhã de hoje, 10, mandados de busca e apreensão com intuito de investigar os crimes de tráfico de drogas e furto de gado na zona rural do município.

Denominada de ‘Operação Boi Forte’, as investigações foram iniciadas no mês de maio de 2018, após informações de que José Ricardo dos Reis Batista, proprietário do Açougue Boi Forte no Conjunto Habitacional Buritis I, usava a sua chácara para divisão e pesagem de entorpecentes, além da suspeita de abater gado furtado para revenda em seu açougue.


Após três meses de investigação, a justiça expediu três mandados de busca e apreensão, sendo dois nos imóveis do suspeito e um no açougue, além da prisão preventiva do investigado, que acabou sendo detido pela Polícia Militar na cidade de Cotegipe/BA, distante 100 Km de Barreiras.

Na chácara do acusado a polícia encontrou um local de abate clandestino de animais, sendo acionada a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) e a Vigilância Sanitária para constatar as condições precárias do local, apreendendo aproximadamente 240KG de carnes bovinas e caprinas abatidas de maneira clandestina e levadas posteriormente para comercialização no açougue alvo da operação.

Durante a operação os policiais localizaram na chácara alguns pés de maconha, 38g do mesmo entorpecente à granel, celulares, notas de venda das carnes e 66 maços de cigarros paraguaios. Após interrogado, José Ricardo dos Reis Batista será encaminhado ao Conjunto Penal de Barreiras, devendo responder não só pelo crime de tráfico de drogas, mas também por crimes contra a relação de consumo, furto de gado e contrabando. [Fonte Jornal Nova Fronteira e Cebolinha Notícias]




Nenhum comentário:

Postar um comentário