Megaoperação Policial desarticula perigosa quadrilha que agia no Oeste da Bahia, líder é preso em São Paulo. - MACAUBENSE LIFE

Agora

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Megaoperação Policial desarticula perigosa quadrilha que agia no Oeste da Bahia, líder é preso em São Paulo.


Operação Dark West até o momento cumpriu 27 mandados de prisão e dois de busca e apreensão.

A Polícia Civil de Barreiras/BA, em trabalho coordenado pela 11ª COORPIN, deflagrou nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (29), com o apoio operacional das unidades COE; CATI/DEPIN; 1ª DT e DHPP de Barreiras; DT de Luís Eduardo Magalhães; 14ª Coorpin de Irecê; 24ª Coorpin de Bom Jesus da Lapa; 26 Coorpin de Santa Maria da Vitória; GRAER/PMBA; PRF; RONDESP/OESTE; CIPE/CERRADO; PETO 83ª CIPM; Força Tática 40º BPM/SP, a Operação Dark West, que visou o combate ao tráfico de drogas, associação para o tráfico e comercio ilegal de arma de fogos na região oeste da Bahia.

Foram 10 meses de investigações por parte da 11ª COORPIN, a Polícia Civil identificou 07 grupos de associados para o tráfico atuando não só em Barreiras, mas também nas cidades de Irecê, Angical, Cotegipe, São Desidério, Luís Eduardo Magalhães, Cristópolis, Santa Maria da Vitória e São Félix do Coribe, negociando drogas, armas e munições, sendo que, diante do quanto apurado, foi representado e deferido pela 2ª Vara Criminal de Barreiras/BA, 38 mandados de prisão preventiva, além de 02 mandados de busca e apreensão.


A operação reuniu nesta manhã, um efetivo de mais de 100 policiais, divididos em aproximadamente 26 equipes, as quais participaram das ações. Dos 38 mandados de prisão, as equipes lograram êxito no cumprimento de 27 prisões preventivas (23 em Barreiras, 02 em São Felix do Coribe, 01 em Irecê e 01 em Ibiúna-SP), sendo que 07 desses já estavam presos no Conjunto Penal de Barreiras.

Além disso, 04 investigados resistiram a prisão e vieram a óbito em confronto com as equipes policiais sendo eles: Deilson de Araújo Rodrigues, vulgo “Caladão”; Gilberto Santana Pimentel, vulgo “Zabelê” (líder do grupo 2); Alex da Silva Mercedes (líder dos grupos 4 e 5 com dois mandados de prisão); José Edilson Félix da Silva, vulgo “Didi”.

As equipes empreenderam buscas nos imóveis dos presos onde foram apreendidos mais de 15kg de cocaína, dinheiro, celulares, armas de fogo, anotações de tráfico, depósitos bancários, entre outros objetos que ao longo do dia serão devidamente contabilizados pela Polícia.

As formalizações das prisões e flagrantes estão sendo cumpridas no Complexo Policial de Barreiras e, após o término, os presos serão recambiados para o Conjunto Penal e Cadeia Feminina. As investigações irão continuar no intuito de prender os remanescentes das associações desarticuladas.

[Blogbraga/Repórter Paiva/ Fonte: DPCs Rivaldo Luz e Filipe Madureira]




Nenhum comentário:

Postar um comentário