Bolsonaro deixa UTI e passa para unidade de cuidados semi-intensivos - MACAUBENSE LIFE

Agora

domingo, 16 de setembro de 2018

Bolsonaro deixa UTI e passa para unidade de cuidados semi-intensivos


O deputado federal e candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) recebeu alta da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) neste domingo (16), de acordo com o boletim médico divulgado pelo Hospital Isrealita Albert Einstein, em São Paulo. O deputado continua internado, agora em uma unidade de cuidados semi-intensivos. 



Ainda de acordo com o hospital, o quadro de saúde de Bolsonaro está evoluindo, sem febre. Ele está em jejum oral, está sendo alimentado exclusivamente por via endovenosa –isto é, diretamente na veia--, recebe tratamento para evitar trombose e faz sessões de fisioterapia respiratória e motora.

O boletim é assinado pelos médicos Antônio Luiz Macedo, cirurgião que coordena a equipe de atendimento a Bolsonaro, pelo clínico e cardiologista Leandro Echenique e pelo diretor superintendente do hospital, Miguel Cendoroglo.

Os médicos não fizeram previsões oficiais sobre quando o candidato deve ter alta. Bolsonaro sofreu um ataque a faca durante uma atividade de campanha na cidade de Juiz de Fora (MG) no dia 6 de setembro. Uma veia abdominal e os dois intestinos foram atingidos. Ele passou por uma cirurgia na Santa Casa da cidade, sendo transferido para São Paulo na manhã do dia 7.

Ao longo da semana passada, o presidenciável demonstrou sinais de evolução e já tinha chegado a sair da UTI para uma unidade de cuidados semi-intensivos. Na noite de quarta-feira (12), no entanto, ele precisou passar por uma cirurgia de emergência devido a uma obstrução no intestino. 

Nova pesquisa Datafolha, divulgada na noite de sexta-feira (14), aponta que Bolsonaro lidera a disputa presidencial com 26% das intenções de voto. Mesmo assim, apesar de continuar à frente na corrida para o primeiro turno, o candidato estaria em empate técnico com Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT) em um eventual segundo turno. Ele só seria derrotado em um segundo turno contra Ciro Gomes (PDT), que vence todos os adversários nos cenários testados. [Fonte UOL]


Nenhum comentário:

Postar um comentário