Livramento-BA: Justiça determina prisão de donos de fazenda onde suspeitos de assalto a carro-forte escondiam maconha - MACAUBENSE LIFE

Agora

terça-feira, 25 de setembro de 2018

Livramento-BA: Justiça determina prisão de donos de fazenda onde suspeitos de assalto a carro-forte escondiam maconha


A Justiça da Bahia determinou a prisão preventiva de duas pessoas que são donas de uma fazenda, na cidade de Livramento de Nossa Senhora, no sudoeste da Bahia, onde suspeitos de assaltar um carro-forte escondiam drogas. A informação foi divulgada pela Polícia Civil nesta segunda-feira (24).
O assalto ao carro-forte ocorreu na última segunda (17), na cidade de Boa Nova, que é vizinha a Livramento de Nossa Senhora. Na quinta (20), durante uma operação contra o grupo, a polícia encontrou 400 kg de maconha, além de explosivos, enterrados na fazenda. Na ocasião, três suspeitos foram presos em flagrante.

Na quarta-feira (19), um dia antes, um homem foi preso e outro morreu em confronto com policiais civis e militares, em uma outra propriedade. Durante a ação, R$ 177 mil foram recuperados e 600 kg de maconha apreendidos. Nas duas ações, foram apreendidos também munições de fuzil, uma pistola, 14 celulares e cinco carros, sendo um deles blindado.

Até a publicação desta reportagem, os donos da fazenda onde parte das drogas foi apreendida não tinham sido presos. Os nomes deles não foram divulgados. O caso segue sob investigação da Polícia Civil.

Caso
O ataque ao carro-forte ocorreu em um trecho da BR-116. De acordo com as informações da polícia, o crime aconteceu durante o deslocamento do veículo, entre as cidades de Jequié para Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. Na ação, um segurança morreu e outros dois ficaram feridos. O segurança baleado, identificado como Aelson Oliveira Santos, foi enterrado na quarta-feira, em Vitória da Conquista, também no sudoeste baiano.

O carro-forte era da Prosegur. Em nota, a empresa lamentou a morte do colaborador e informou que presta assistência à família dele. Os suspeitos presos foram identificados como José Dourado Pessoa, Paulo Roberto Mascarenhas Alves, Zelândia Teles Miranda e Otaviano Piedade Bastos. Já o homem que morreu em confronto foi identificado como Rubens Marcos Amorim Lopes. [Fonte: G1/BA]






Nenhum comentário:

Postar um comentário