Coité-BA: Mãe de 13 filhos do sexo masculino cujos nomes são iniciados com a letra ‘R’ espera mais um menino - MACAUBENSE LIFE

Agora

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Coité-BA: Mãe de 13 filhos do sexo masculino cujos nomes são iniciados com a letra ‘R’ espera mais um menino


A dona de casa Jucicleide Peixoto que irá completar 38 anos no dia 29 de novembro deste ano, sem dúvida alguma baterá seu próprio recorde na quantidade de filhos todos do mesmo sexo, cujos nomes são iniciados com a letra R. Ela que é casada com o senhor Irineu Cruz de Jesus de 42 anos, tem 13 filhos com idades de dois a 19 anos e descobriu a nova gestação depois de cinco meses, agora com seis, ela tomou conhecimento que está vindo mais um menino e o time de Chitão como ficou conhecida a família, terá 11 titulares e três reservas.

Vale lembrar que todos os filhos quem deu o nome foi o pai, que se baseou em nome de jogadores de futebol a exemplo de Rivaldo, Ronaldo, Rincon, Riquelme, Reinan, Ruan, Ramirez, Rafael, Rauan, Robson, Railson, Rafael e Rubem. Caso viesse uma menina, quem daria o nome era a mãe, que estava certa que não seguiria a sequência com a letra R na inicial do nome.

Juci disse que se fosse do sexo feminino a letra inicial do nome seria o ‘J’ dela própria, ou ‘E’, de Elza, sua mãe que mora em Capela do Alto Alegre que mesmo não sendo tão longe de sua cidade passou 25 anos sem vê-la.

O Calila Noticias em 2014 realizou seu sonho quando organizou uma viagem até Capela para ela reencontrar sua mãe e mostrar todos os filhos. Nova gestação não foi um desejo seu e nem também para aventurar uma menina, garante Juci
Desde o nascimento de Ronaldo em junho de 2016 que alguns órgãos de imprensa chegou a especular que era uma tentativa de Juci de dá à luz a uma menina, mas ela negou na ocasião e cogitou realizar a ligadura de trompas para não ter mais filhos. Não esclareceu os motivos que não foi feito e passou a fazer uso de anticoncepcionais para evitar a gravidez, mas segundo ela, de algum tempo para cá passou a ter dores de cabeça insuportáveis e ao suspender o medicamento contraceptivo verificou que a dor despareceu ao que associou o mal estar.

Ainda de acordo com Juci a convicção era tão grande que não queria mais filho que o enxoval que sempre guardou para o próximo, depois do nascimento de Ronaldo entregou todo para uma irmã. Mesmo com a experiência de 13 gestações Juci disse ao CN que viu algo estranho estremecendo em sua barriga e “pensei em muita coisa, doença, mioma, mas não imaginei que fosse filho. Fiz o beta e confirmou, agora é cuidar com todo carinho, fiz o primeiro pré-natal e está tudo bem com ele”, afirmou Juci que garantiu, diferentemente das outros partos quando planejou e não fez a ligadura de trompas, agora vai ser pra valer.

O Calila Noticias descobriu essa família rara em maio de 2014 e a partir da primeira reportagem ganhou grande repercussão no Brasil e no exterior. Há pouco mais de um mês uma equipe de TV da Ucrânia esteve na residência de Chitão e Juci a fim de fazer uma ampla reportagem sobre o caso e precisou de um fim de semana para tal.
Os principais programas de TV das maiores emissoras do Brasil através da produção do Fantástico, Rodrigo Faro, Gugu, Luciano Hulk, Ana Maria Braga tomaram conhecimento, mas a busca pela exclusividade acabou atrapalhando. Segundo Chitão uma pessoa ligou informando que era da produção do Fantástico e pediu exclusividade para gravar a história e acabou não vindo e para ele [Chitão] acabou por atrapalhar outras equipes.

Em rede nacional a história foi exibida no Domingo Espetacular da Record com Paulo Henrique Amorim, embora jamais tenha declarado o desejo de expor a imagem dos filhos, Chitão e Juci têm o desejo de conseguir uma ajuda para quem sabe poder ter os filhos todos numa mesma casa, pois, uma parte dorme em um cômodo separado, por falta de estrutura de quarto na residência. Apesar das dificuldades enfrentadas eles estão conseguindo manter a obediência e a ordem em casa exceto aos dois mais novos, os demais estão frequentando escola, e os três mais velhos já estão trabalhando quando não estão na sala de aula. [Fonte Calila Notícias]

Nenhum comentário:

Postar um comentário