Com ajuda do namorado, jovem mata mãe com injeção de ar dentro de apartamento - MACAUBENSE LIFE

Agora

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Com ajuda do namorado, jovem mata mãe com injeção de ar dentro de apartamento


Uma mulher de 21 anos, identificada como Paloma Botelho Vasconcellos, confessou nessa terça-feira (9) ter matado a própria mãe, a comerciante Dircelene Botelho Vasconcellos, 51 anos, na cidade de Petropólis, no Rio de Janeiro.
O assassinato aconteceu no último dia 2 de setembro no apartamento onde Paloma morava com a mãe e o padrasto em bairro nobre e pacato. Segundo Vivian Andrade, advogada do padrasto, uma câmera instalada no quarto do casal filmou toda a barbárie e revelou a autoria do crime:

“Havia uma câmera no quarto direcionada para o armário porque a vítima desconfiava, porque estava sumindo objetos dela de valor. São quase 50 minutos de tortura”, revelou Vivian.

As imagens foram entregues à polícia e Paloma foi convocada par prestar depoimento. Na delegacia a jovem confessou o crime e disse que com a ajuda do namorado, matou a mãe com uma injeção de ar na veia porque era maltratada pela mesma.

Apesar da confissão, Paloma não pode ser presa por conta da lei eleitoral que não permite detenções cinco dias antes e 48h depois da eleições, salvo em caso de flagrante, o que não era o caso. A acusada está na casa do pai e a previsão é que ela e o namorado se entreguem ainda nessa quarta-feira (10).

Carlos Andrade, advogado da família de Dircelene contesta a justificativa da filha, e diz que as duas tinham sim, problemas no relacionamento, mas que Paloma matou porque tinha interesse no patrimônio da mãe, já que seria a única herdeira de tudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário