Barreiras-BA: Entenda o que vai acontecer na sua vida com as mudanças na saúde - MACAUBENSE LIFE

Agora

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Barreiras-BA: Entenda o que vai acontecer na sua vida com as mudanças na saúde


A secretaria de saúde de Barreiras vai promover mudanças no atendimento ao público a partir do dia 1º de dezembro próximo sábado, no Centro de Saúde Emilly e em janeiro no Hospital Eurico Dutra. Esse público deverá se dirigir para a UPA – Santa Luzia ou para o Hospital do Oeste.
Entendendo o que vai mudar na saúde de Barreiras
Hospital Eurico Dutra 
O que muda : Eurico Dutra que por muitos anos fez um atendimento de emergência para a população de Barreiras, a partir de janeiro de 2019 não mais atenderá a estes caos, que vão ser transferidos para a UPA- Santa Luzia e para o Hospital do Oeste.

Segundo o Site Mais Oeste apurou, o Eurico Dutra continua com o seu papel de internamentos, operações e tratamentos pré-agendados pelo município de Barreiras. Nos casos em que a UPA necessitar de outros procedimentos que ela não possa atender , esses casos vão ser encaminhados para o Eurico Dutra.

Na prática: A pessoa que tiver sintomas de virose por exemplo, a partir de janeiro deverá ir para o Hospital do Oeste ou ir para a UPA. O Eurico Dutra continuará ofertando atendimentos de internação e cirurgias além de continuar como referência em saúde mental, hanseníase e tuberculose e ganhará uma ala para a internação pediátrica.
Centro de saúde Emilly Raquel 

O que muda: O centro de atendimento Emily Raquel que vinha sendo uma unidade especializada pediátrica e funciona até sexta-feira a partir de sábado dia 1º, todo atendimento pediátrico de emergência, a noite e fins de semana passará para a UPA do Santa Luzia.

O Centro de Saúde Emilly Raquel, passará à condição de Unidade Básica de Saúde – UBS e vai a atender várias outras especialidades, além da pediatria hoje ofertada. Com essa mudança, a nova UBS disponibilizará atendimento diurno, das 7h00 às 18h00.

Na prática: Barreiras não terá mais uma unidade especializada em pediatria, agora o Emily além de ter um atendimento pediátrico contará com os outros procedimentos e a noite e nos fins de semana os pais que levavam seus filhos em casos de emergência para o Emily deverão encaminhar para a UPA ou HO.
A Prefeitura Justifica as mudanças 

Segundo o Site Mais Oeste apurou, a secretaria de saúde teria avaliado e verificado que a UPA do Santa Luzia estaria com uma demanda aquém do que está prevista, ficando em algumas ocasiões ociosa principalmente a noite, diante disso a UPA tem capacidade de atendimento, oferta de equipamentos, leitos, equipe médica e técnica adequada, disponibilizados pela UPA, para cumprir seu objetivo que é o pronto atendimento. O Site Mais Oeste ainda levantou que o quadro de funcionários da UPA será ampliado para atender a essa nova demanda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário