Família clama por justiça após garota de Barreiras morrer esfaqueada em Irecê-BA, ex-companheiro é suspeito. - MACAUBENSE LIFE

Agora

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Família clama por justiça após garota de Barreiras morrer esfaqueada em Irecê-BA, ex-companheiro é suspeito.

Depois de passar 28 dias internada no hospital municipal de Irecê/BA, a jovem barreirense, Yana Lohanne Fernandes Pereira, 18 anos, brutalmente ferida pelo ex – companheiro de convívio, Jadilson Mendes Nunes, 26 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu na noite de terça-feira (22).

Familiares afirmam que, Yana foi atingida com dez golpes de faca em várias partes do corpo e deu entrada na unidade de saúde em estado grave. O crime aconteceu no dia 24 de dezembro de 2018, por volta das 22h 30.

De acordo com a senhora Maria das Graças (avó), sua neta viajou para Irecê com Jadilson sem avisar seus familiares, mas manteve contato telefônico com a mãe, ao chegar lá, demonstrando grande contentamento, informando que foi conhecer a família do companheiro, com quem passaria o natal. 

Não contou detalhes do crime, porém, ressaltou que o criminoso a lesionou nos braços, pernas, cabeça, foi degolada e quase teve uma mão decepada a golpes de faca. “Teve praticamente todos os órgãos atingidos. O médico declarou que as facadas só não atingiram o intestino e o coração. Ele foi muito perverso”.

Apesar disso, Yana lutou pela vida nos primeiros dias de internamento, demonstrou que estava reagindo bem ao tratamento, mas teve uma recaída e não resistiu. “Seus órgãos paralisaram por causa de uma infecção e isso a levou ao óbito, todavia, os médicos fizeram tudo que podiam para salvar minha neta”. [Alô Alô Salomão]

Nenhum comentário:

Postar um comentário