IRECÊ-BA: Justiça determina prisão preventiva para homem que matou jovem de Barreiras a golpes de faca - MACAUBENSE LIFE

Agora

sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

IRECÊ-BA: Justiça determina prisão preventiva para homem que matou jovem de Barreiras a golpes de faca

A Justiça da Comarca de Irecê determinou a prisão preventiva do homem acusado de matar a golpes de faca a ex-mulher na localidade de Itapicurú, zona rural da cidade de Irecê. À época do crime, em 24 de dezembro de 2018, ele havia fugido.


De acordo com a polícia, Jadilson Mendes Nunes, 28 anos, desferiu pelo menos dez golpes de faca contra a jovem Iane Lorrane Fernandes Pereira, 18 anos, natural de Barreiras, oeste do estado. Na ocasião, a moça foi socorrida em estado grave para a emergência do Hospital Regional Dr. Mário Dourado Sobrinho, em Irecê, onde passou por várias cirurgias e ficou internada quase um mês.

Iane Lorrane não resistiu e faleceu na madrugada da última quarta-feira (23). O corpo da jovem foi transladado para sua cidade natal onde foi sepultado sob muita comoção de parentes e amigos.

Conforme o Código Penal brasileiro, a prisão preventiva é determinada sem prazo definido e decretada quando há indícios que liguem o suspeito ao delito. Ela é determinada para proteger o inquérito – uma vez encontrado indício do crime, a prisão preventiva evita que o réu continue a atuar fora da lei ou atrapalhe o andamento do processo por meio de ameaças a testemunhas, destruição de provas ou fuga.

Feminicídio
O caso foi registrado como feminicídio na 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Irecê). O feminicídio é uma qualificadora do crime de homicídio. Em outras palavras, o feminicídio é uma agravante do assassinato e se caracteriza pelo ódio ao gênero feminino. Blogbraga

Nenhum comentário:

Postar um comentário