BRASIL: Empresário descobre que funcionário é seu irmão caçula perdido há 30 anos. - MACAUBENSE LIFE

Agora

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

BRASIL: Empresário descobre que funcionário é seu irmão caçula perdido há 30 anos.

Três irmãos se reencontraram depois de 30 anos separados em Blumenau, Santa Catarina. Antônio Nunes, conhecido como Tonho, é proprietário de uma revenda de gás e durante uma entrega ele conheceu Maicon Luciani, conferente de uma empresa cliente. Os dois passaram dez anos se encontrando durante as entregas de gás e viraram amigos.


No final do ano passado, Tonho viu pelo Facebook que Maicon estava à procura de emprego e ofereceu uma vaga na sua revenda. O amigo aceitou e começou a trabalhar em janeiro deste ano.


Dias depois, o empresário precisou viajar e convidou Maicon para lhe acompanhar. Durante a viagem, ele reparou que o empregado tinha um cacoete parecido com o de um tio e Maicon chegou a brincar dizendo que eles poderiam ser parentes distantes.

Na última quinta-feira (14), na viagem de volta, os dois retornavam junto com mais um rapaz chamado Fábio Riffel. Os três começaram a conversar sobre o passado e Maicon contou que é filho adotivo e o nome da sua família biológica era Nunes.

Tonho não tinha comentado que procurava um irmão desaparecido, mas Fábio sabia sua história e os dois ficaram atentos ao que estava acontecendo. Sem perceber a tensão entre os dois, Maicon continuou contando detalhes da sua adoção que batiam com a história da infância de Tonho.

Neste momento, o empresário falou: “Gordo, tu és meu irmão, cara”. Maicon não acreditou e Tonho emendou: “O nome do teu pai não era João? Tu não conheceu a cabeleireira no Cedup no dia das eleições?”. Maicon só acreditou de fato no reencontro quando Antônio contou toda a sua trajetória. “Descobrir que meu chefe é meu irmão foi um susto muito grande”, relembra.

Eles ainda tem mais um irmão, Jefferson Greueli, de 34 anos. A mãe deles entregou os filhos para adoção nos anos 80 porque não tinha condição de criá-los. O mais velho foi criado pela avó e cresceu sabendo que tinha dois irmãos mais novos perdidos em Blumenau. Porém, a única informação que o empresário tinha era a data de nascimento dos rapazes.

Há três anos, Jefferson, que é o irmão do meio, encontrou Tonho após seu pai adotivo falecer e sua mãe contar toda a verdade sobre sua infância.

Quando reencontrou Maicon, Tonho disse que a primeira pessoa que contou foi para Jefferson. Entre muitas conversas, eles descobriram ter vários amigos em comum. “Agora é uma vida nova. Estamos nos adaptando, pois ainda é tudo muito recente. A vida é uma caixinha de surpresas”, comemora Antonio.
Tonho e Jefferson, o irmão do meio

Nenhum comentário:

Postar um comentário