BRUMADO-BA: Mãe narra drama ao ver filho ser atropelado por ônibus escolar, não resistiu e morreu. - MACAUBENSE LIFE

Agora

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

BRUMADO-BA: Mãe narra drama ao ver filho ser atropelado por ônibus escolar, não resistiu e morreu.

A criança Vítor Maciel, de 3 anos e meio, que havia sido atropelada por um ônibus escolar na Fazenda Gemeleirinha, no Distrito de Itaquaraí, faleceu na tarde desta quarta-feira (20). Ele estava internado no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC) em estado gravíssimo. 


O pai da criança informou ao site Achei Sudoeste que os médicos declararam o óbito às 14h47. “Os rins pararam de funcionar e a morte encefálica foi constatada. Acho que não vou aguentar olhar na cara da minha esposa e dizer que nosso filho se foi. Isso pra mim vai ser como se fosse uma facada. Dói muito!”, disse, bastante abalado. “Ele participou tão pouco da minha vida, mas foi muito importante”, completou.

ENTENDA O CASO

Na última segunda-feira (18), uma criança de apenas 3 anos foi atropelada por um ônibus escolar na Fazenda Gameleirinha, próximo ao Distrito de Itaquaraí, em Brumado. Em entrevista ao site Achei Sudoeste, a mãe do menino, Ilma Quixaba, que está grávida de 4 meses, relatou que o ônibus parou em frente a sua casa para buscar os seus dois filhos mais velhos, de 13 e 06 anos, que iriam para a escola, e o pequeno, que iria para a creche. 

Ela achou que ele havia entrado no veículo, mas, quando o mesmo seguiu em frente, viu o corpo do filho caído no chão. “Foi muito triste, eu não aguentei. Peguei meu filho nos braços, gritei para o meu marido que o motorista havia atropelado nosso filho”, contou. Em seguida, ambos colocaram o menino consciente em um carro e levaram para o hospital. 

Durante o trajeto, os pais da criança ainda encontraram o motorista atolado no meio do caminho. “É impossível ele não ter visto meu filho. Com certeza, meu filho atravessou o ônibus pra chegar até a outra porta. Qual era a dele? Ir no hospital saber como estava meu filho e não na delegacia prestar depoimento. Ele é um motorista muito irresponsável, tinha que ter prestado atenção e olhado pra todos os lados”, disse, bastante abalada. Segundo ela, os alunos costumavam se queixar que o motorista do ônibus é muito apressado e não esperava os mesmos se organizarem nas poltronas antes de dar partida. O estado de saúde da criança, que foi transferida para Vitória da Conquista, é muito grave. “Ele perdeu os dois rins. Estava tendo hemorragia, mas agora estancou. O coraçãozinho dele está muito fraco. Vai depender da reação dele”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad