Temporal deixa rastro de destruição e causa cinco mortes no Rio - MACAUBENSE LIFE

Agora

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Temporal deixa rastro de destruição e causa cinco mortes no Rio

Pelo menos cinco pessoas morreram por causa do forte temporal que caiu na cidade na noite desta quarta-feira. Duas delas eram da mesma família. Isabel e Mauro Paes, mãe e filho, foram atingidos pelo desabamento da casa onde moravam, na Estrada da Vendinha, em Barra de Guaratiba, na Zona Oeste. Áureo e Arthur Paes, marido e filho de Isabel, respectivamente, ficaram feridos e foram levados com vida ao Hospital Lourenço Jorge, na Barra, e passam bem.

A terceira morte aconteceu na Rocinha e a quarta no Vidigal, após o desabamento de um muro. A quinta vítima fatal foi uma passageira de um ônibus que foi atingido por um deslizamento na Avenida Niemeyer, em São Conrado.

Por causa das mortes, a prefeitura decretou luto oficial de três dias na cidade, que está em Estágio de Crise desde às 22h15. Ainda há a possibilidade de chuva fraca à moderada nas próximas horas.

"A recomendação é que as pessoas que estão em locais reconhecidamente inseguros não fiquem lá. As chuvas devem cair só na parte da tarde. Os meteorologistas dizem que não será tão forte como a chuva de ontem, mas é preciso ter segurança", o prefeito Marcelo Crivella disse, em entrevista à TV Globo.

O número de mortes pode chegar a seis se for confirmada uma segunda vítima fatal no ônibus, um homem que estaria desaparecido. O veículo da viação Jabour, da linha Campo Grande x Castelo, foi atingido pela queda de uma árvore de grande porte que deslizou da encosta.


Nenhum comentário:

Postar um comentário