Ex-jogador de futebol é suspeito de matar e esquartejar a irmã por herança - MACAUBENSE LIFE

Agora

quinta-feira, 28 de março de 2019

Ex-jogador de futebol é suspeito de matar e esquartejar a irmã por herança

Luís Antônio de Medeiros Senna, 45 anos, ex-jogador do Fluminense, Botafogo, Bahia, Bangu e da Portuguesa na década de 90, é suspeito de ter assassinado e esquartejado a própria irmã, a designer gráfica Samura Sento Sé Braz, 34 anos, no bairro Jardim Carioca, na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro. O crime teria sido motivado por uma disputa de herança.

Conforme o relatório da Polícia Civil, Luís teria matado a vítima com cerca de 30 facadas, esquartejado e ocultado o cadáver. Partes do seu corpo foram encontrados no dia 17 de março na Praia do Rosa.

Irmã do jogador desaparece
Samura não foi mais vista desde o dia 13 de março. Seu desaparecimento foi informado à polícia por amigos que sentiram sua falta, enquanto o ex-jogador, que viviam com ela na mesma residência, dizia a todos que ela havia viajado.

Versão do suspeito
Primeiramente, Luis Antônio disse à polícia que os dois tinham uma boa relação, porém, ainda conforme a delegada, ele acabou se contradizendo em vários momentos do depoimento.

Uma das contradições envolveu ferimentos visíveis em seus braços: primeiro disse ter se machucado em um jogo de futebol, na sequência afirmou que foi agredido por um assaltante e, por fim, declarou que se envolveu em uma briga de torcidas.

Herança
A matriarca morreu em 2014 e, no testamento, deixou a casa onde os irmãos moravam somente para Samura, o que teria desencadeado o desentendimento entre os dois.
Ex-jogador foge

No dia 23 de março, o ex-jogador fugiu da casa pelos fundos quando policiais chegaram no imóvel para intimá-lo a prestar novo depoimento. Ele já teve o pedido de prisão temporária decretada e é considerado foragido. De acordo com a delegada, Luis fez um empréstimo de R$11 mil para fugir do Rio.

A esposa e o filho do ex-jogador permanecem vivendo na residência. A mulher, inclusive, desmentiu o marido e afirmou que os irmãos brigavam constantemente por causa da herança deixada pela mãe adotiva de ambos. O Disque Denúncia ofereceu, nesta quarta-feira (27), a recompensa de R$ 1 mil para quem der informações que levem à captura de Luis Antônio. Ric Mais


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad