Simões Filho-BA: Tentativa de assalto a Casas Bahia termina com um bandido morto, mulher presa e outro baleado - MACAUBENSE LIFE

Agora

quarta-feira, 8 de maio de 2019

Simões Filho-BA: Tentativa de assalto a Casas Bahia termina com um bandido morto, mulher presa e outro baleado

Uma tentativa de assalto terminou com um bandido morto, uma mulher presa e outro baleado dentro da loja de eletrodomésticos Casas Bahia, que fica localizada na Avenida Rui Barbosa, no Centro de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O caso aconteceu por volta das 14:30h desta quarta-feira (08/05).



De acordo com as primeiras informações enviadas a redação do Simões Filho Online, um grupo armado formado por dois homens e uma mulher invadiu o estabelecimento comercial no centro da cidade. O objetivo do bando era levar o dinheiro do Banco Bradesco, correspondente que fica dentro das Casas Bahia.

Segundo testemunhas, os criminosos estavam bem vestidos, e entraram na loja sem levantar suspeita. Se misturaram a dezenas de clientes que aguardavam para pagar as contas e rapidamente anunciaram o assalto.

No momento da ação, pessoas que estavam na fila correram. A ação dos bandidos foi interrompida após um dos clientes acionar policiais militares que chegaram rapidamente ao local. Na troca de tiros, dois suspeitos foram baleados, um deles não resistiu e morreu. Uma mulher identificada como Rafaela Cássia Nascimento de Oliveira, que também participou do assalto acabou sendo presa em flagrante.

O reforço foi chamado e agentes da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) rapidamente cercaram a loja e levaram o segundo suspeito baleado ao Hospital Municipal de Simões Filho. Ele foi identificado como Deivisson Jesus dos Santos e não corre risco de morte.


Em nota, a PM confirmou a veracidade do caso e disse que os clientes e funcionários foram retiradas da loja com segurança, tendo os policiais continuado o confronto no primeiro andar do prédio. “Os policias foram surpreendidos por diversos disparos de arma de fogo, não restando outra alternativa a não ser o revide”, disse a corporação.

No local onde ocorreu a ação criminosa sempre há uma grande concentração de vendedores ambulantes e clientes. Os disparos provocaram pânico e correria no local e fez o comércio baixar as portas por alguns minutos. “Foi um desesperos total. Eu estava passando em frente. Eu corri, e graças a Deus nenhum inocente se feriu”, contou a estudante Elaine Silva.

Todo material bem como os envolvidos foram apresentados à 22ª Delegacia Territorial de Simões Filho. Ninguém foi feito de refém e durante o tiroteio, ninguém ficou ferido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário