Jovem de Livramento-BA que teve morte precoce escalou os três picos mais altos do nordeste em um ano - MACAUBENSE LIFE

Agora

Post Top Ad

sábado, 16 de maio de 2020

Jovem de Livramento-BA que teve morte precoce escalou os três picos mais altos do nordeste em um ano

Familiares e amigos da livramentense Mônica da Silva Santos ficaram surpresos e chocados com a morte da jovem de 21 anos na última quinta-feira (14) após dar entrada no Centro de Referencia para Covid-19, localizado no Bairro Malhada Branca, em Brumado. 



Conforme informações passadas pela Secretaria de Saúde de Livramento, Mônica deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA-24h) de Livramento apresentando dor epigástrica, vômito e cefaléia, saturando em 98%. Conforme informações, foram realizados vários exames de sangue, raio-x de tórax, eletrocardiograma e USG de abdômem total. 

Ela chegou a ser transferida para o Hospital Municipal Dr. Marilton Matias, onde as equipes levantaram a hipótese de COVID-19, posteriormente ela foi transferida para Brumado. Apesar da suspeita de que ela pode ter sido infectada pelo coronavírus, não há ainda certeza, pois ainda não saiu o resultado do exame que comprova se ela tinha Covid-19 ou não, mesmo porque ela também apresentou outros sintomas atípicos da doença. Mônica era apaixonada por natureza, costumava a desbravar montanhas e trilhas da região juntamente com amigos do grupo de trilha "Azambuja", de Livramento. 

Em menos de um ano ela havia escalado o Pico das Almas, do Barbado e o pico do Itobira, as três montanhas mais altas e difíceis de escalar do nordeste brasileiro, esbanjava saúde e era admirada por todos por sua determinação e coragem. Ela tinha, ainda, um sonho de ingressar na Polícia Militar da Bahia, chegou a fazer um cursinho ministrado por oficiais da 46ª CIPM, realizou o concurso para ingressar na carreira e estava aguardando possível convocação, mas teve o seu sonho interrompido pela tragédia. // fotos L-12Sudoeste




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad