Jovem é preso acusado de matar a ex-namorada a tiros em Itabuna-BA. - MACAUBENSE LIFE

Agora

Post Top Ad

terça-feira, 16 de junho de 2020

Jovem é preso acusado de matar a ex-namorada a tiros em Itabuna-BA.

Os tiros que mataram a adolescente Beatriz Teixeira Santos, de 16 anos, em 7 de junho, na cidade de Itabuna, sul da Bahia, foram disparados pelo ex-namorado da vítima, segundo aponta a investigação da Polícia Civil da cidade.


De acordo com a Polícia Civil de Itabuna, o homem, identificado como Ronald Lima Moreira dos Santos, foi preso na segunda-feira (15) ao comparecer à delegacia, acompanhado de um advogado.

Na unidade de polícia, ele recebeu voz de prisão, foi ouvido e investigadores cumpriram mandado de busca e apreensão na residência do suspeito.

Conforme apontam as investigações, Ronald apareceu na casa de Beatriz pedindo que ela fosse dormir na casa onde eles moravam. A adolescente teria se negado, e o suspeito efetuou os disparos.

O investigado nega e diz que o disparo foi acidental, informou a Polícia Civil de Itabuna. O suspeito detalhou em depoimento que um indivíduo estava passando com uma arma semelhante a uma submetralhadora, quando ele pediu para vê-la. Ainda, de acordo com ele, este indivíduo teria passado a arma separada do carregador. Quando Ronald colocou o acessório, a arma teria disparado em forma de rajada e acertado Beatriz, que estava de costas, próxima a ele.

Depois do interrogatório, o homem foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) para o exame de corpo de delito, e, posteriormente encaminhado à custódia da 6ª Coorpin (Itabuna), onde aguardará a audiência de custódia, para, em seguida, ser encaminhado ao Conjunto Penal de Itabuna.

Investigação
A polícia detalhou que, inicialmente, a mãe da adolescente disse em depoimento que soube por intermédio de testemunhas que cinco homens haviam passado atirando, tendo um outro homem como alvo, mas que foi Beatriz a vítima da "bala perdida".

No decorrer das investigações, diz a polícia, outra versão foi informada. A adolescente teria sido atingida acidentalmente por uma arma de fogo manuseada pelo ex-companheiro.

Entretanto, essa versão de disparo acidental foi afastada depois que testemunhas sigilosas relataram que Ronald apareceu repentinamente na porta da residência da mãe Beatriz, onde ela estava junto com seus familiares e amigos, chamando Beatriz para ir embora e dormir com ele. A adolescente teria se recusado e disse que iria dormir com a mãe.

Segundo relatado pelas testemunhas, Ronald, então, sacou uma arma e atingiu a adolescente com três disparos. Ela chegou a correr, mas não conseguiu desviar dos tiros. O suspeito ainda não tinha sido ouvido pela polícia, pois não tinha sido encontrado desde a data do crime. // G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad