Ex presidiário de Goiás invade casa em Itabuna, ameaça mãe e filha e ateia fogo em objetos; polícia precisou atirar para conter o criminoso - MACAUBENSE LIFE

Agora

Post Top Ad

quinta-feira, 19 de agosto de 2021

Ex presidiário de Goiás invade casa em Itabuna, ameaça mãe e filha e ateia fogo em objetos; polícia precisou atirar para conter o criminoso


Na madrugada desta quarta-feira (18), policiais militares da Base Comunitária de Segurança do bairro Monte Cristo, em Itabuna, prenderam Edmílson Pereira dos Santos Coelho, em um caso inusitado, e que repercutiu nos veículos de comunicação regionais.

Maria Jovelina da Conceição Silva foi a senhora que acionou os policiais, após Edmílson tentar invadir a casa dela, armado com uma faca e proferir ameaças de morte. O caso aconteceu na Rua W, no Monte Cristo.

Maria relatou que conheceu Edmilson pela internet, e que mantinha uma relação inicial on line, ela de Itabuna, ele de Goiânia-GO, e posteriormente presencial, e que ele se apresentava como pastor de igreja evangélica.

Edmílson começou a "forçar a barra", palavras da denunciante, para vir a Itabuna, mas quando notou que a relação não avançaria, perdeu o controle e cometeu o delito relatado. Ele invadiu a casa pelo telhado e passou a a atear fogo nos objetos da vítima. A filha dela, menor de idade, também estava na residência. Ambas ficaram aterrorizadas.

Maria Jovelina acrescenta que não quis mais a relação depois que descobriu que Edmílson era egresso de um Conjunto Penal na federação goiana.

A polícia, então, iniciou as varreduras e já por volta das 04h30, avistaram Edmílson tentando fugir por telhados de casas vizinhas, mas foi contido com um tiro em uma das pernas. Em seguida, foi levado ao Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, onde foi atendido pela equipe médica. Depois de liberado pelo corpo clínico, foi direto para o Complexo Policial de Itabuna.

Vale ressaltar que a passagem de Edmílson pela polícia, tem relação com crime de estupro de vulnerável, maus tratos à criança e homicídio. A faca do tipo peixeira, R$ 574.00 e os documentos pessoais, cartões bancários e uma pequena mochila foram apreendidos na ação policial. Edmílson está novamente à disposição da justiça. //VerdinhoItabuna

Nenhum comentário:

Postar um comentário