Mãe abre porta do quarto e encontra marido estuprando filha na Bahia - MACAUBENSE LIFE

Agora

Post Top Ad

terça-feira, 21 de dezembro de 2021

Mãe abre porta do quarto e encontra marido estuprando filha na Bahia


No final de semana, uma dona de casa da cidade de Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador (RMS), abriu a porta do quarto da filha de 15 anos e presenciou uma cena que a destruiu. Na cama da garota estava o seu companheiro com quem convivia há 9 anos. Ele estuprava sua filha.

O episódio não foi algo isolado. Segundo a própria vítima, a violência começou há cerca de sete anos, quando ela ainda era uma criança. O homem foi identificado como Silmário Almeida Araújo, que depois de ser flagrado cometendo o crime, foi denunciado pela esposa e preso em flagrante por policiais militares.

O homem foi encaminhado para 27ª Delegacia Territorial (DT) do bairro de Itinga. Agora, Silmário pode responder por estupro. As informações são da TV Record Itapoan. Em nota, a Polícia Civil informou ao BNews que Silmário permanece custodiado na unidade. "A Polícia Civil solicitou a prisão preventiva do suspeito, que foi decretada pelo Plantão Judiciário", diz trecho do comunicado.

Desabafo
Em entrevista à emissora, a dona de casa fez um desabafo e um alerta para outras mães que, porventura, notem algum desvio de comportamento nos seus filhos. Ela diz que a garota já havia relatado que estava sofrendo assédio, mas com medo, não revelou a identidade do agressor.

“Minha filha já tinha relatado que estava sofrendo assédio, mas nunca disse quem estava fazendo. Se eu soubesse não teria deixado ela passar por isso, mas, infelizmente, ele me enganou o tempo todo. Destruiu a minha vida e a da minha filha. Eu quero que ele pague, por isso que estou expondo minha vida, para que todos saibam o monstro que ele é”, desabafou. Mãe diz que não consegue esquecer a cena do crime (Foto: Reprodução/TV Record Itapoan)

Ameaça
A garota relatou à mãe que não podia contar sobre os abusos porque temia pela vida da família, já que o padrasto havia prometido matar todos os familiares caso as violências fossem descobertas.

A vítima passa por acompanhamento psicológico para amenizar os traumas vividos desde a infância. Já a mãe diz que não consegue mais dormir, pois a cena do marido abusando a filha não sai mais da sua cabeça.

"O que meu olho viu destruiu meu coração. Eu não consigo dormir. Desde então, quando eu fecho meu olho vejo a cena”, completa a dona de casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário