Em reunião com prefeito de Correntina, Rui traça ações para revitalizar rio e destaca atuação da SSP na região - Blog Macaubense Life

AGORA

Post Top Ad

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Em reunião com prefeito de Correntina, Rui traça ações para revitalizar rio e destaca atuação da SSP na região


Na próxima sexta-feira (10), seis secretários estaduais devem participar de uma reunião com o prefeito de Correntina, Nilson José Rodrigues. O objetivo é traçar um conjunto de ações visando à revitalização das nascentes do Rio Arrojado, de forma a encontrar soluções para o conflito envolvendo os ribeirinhos que utilizam o rio para as atividades de subsistência e as empresas agrícolas que captam a água para a irrigação das lavouras. 

A decisão foi tomada pelo governador Rui Costa, nesta quarta-feira (8), durante reunião com o prefeito do município para encontrar soluções relativas ao conflito gerado com a invasão ocorrida no último dia 2, na Fazenda Rio Claro, pertencente à empresa Lavoura e Pecuária Igarashi Ltda., localizada na zona rural da cidade. 

Durante a reunião, na Governadoria, o governador e o prefeito concordaram em montar uma agenda positiva envolvendo os diversos segmentos da região, a fim de acabar com os conflitos entre os pequenos e grandes produtores. Segundo Nilson Rodrigues, a tendência é o crescimento dos confrontos na região, que vem desde a década de 1980.

No último dia 2, manifestantes atearam fogo nas instalações, destruíram maquinários, sistema de energia e tratores da Fazenda Rio Claro, que produz batata, cenoura, feijão, tomate, alho e cebola. Desde então, Rui determinou o aumento do efetivo policial na região e a rigorosa investigação pela Secretaria da Segurança Pública (SSP).

Um comentário:

  1. Acredito na capacidade que o governador Rui Costa tem a frente do nosso estado. Contudo, não acredito no crescimento sustentável do agronegócio tanto exalta na imprensa. Nossa Bahia precisa de desenvolvimento, mas de forma racional e harmônica com a natureza. No município de Cotegipe está acontecendo o mesmo com o rio GRANDE, ele está sufocado pelo uso desenfreado de sua água por esses agentes do progresso capitalista, que a cada rio seco muda de endereço e os ribeirinhos sofrem a consequência. Gostaria muito que nosso governador, homem sério e honesto procure rever essas licenças ambientais que tanto eles falam, não acredito que as mesmas estão devidamente adequadas as normas legais ou estas não estão sendo fiscalizadas como deve. Acredito no diálogo e no bom senso, mas primeiramente defendo os interesses dos ribeirinhos, água é vida, não deixe matar nossos rios de sede.

    ResponderExcluir

Páginas do Blog