Conquista: Mortes por dengue hemorrágica na cidade assustam, causam preocupação e alerta - MACAUBENSE LIFE

Agora

Post Top Ad

quinta-feira, 30 de abril de 2020

Conquista: Mortes por dengue hemorrágica na cidade assustam, causam preocupação e alerta

Uma mulher de 47 anos, moradora do bairro Guarani, em Vitória da Conquista,morreu na terça-feira (28), vítima de dengue hemorrágica. Conforme a Secretaria de Saúde, é a segunda morte pela doença na cidade no mês de abril.

Segundo informações da SMS, no dia 25 de abril, a paciente, que não teve a identidade revelada, foi atendida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), apresentando sintomas de dengue clássica sem presenças de sinais de alarme. Foi coletado hemograma e ela foi orientada a voltar para casa, manter hidratação e retornar caso os sintomas piorassem.

De acordo com o órgão, na noite de segunda-feira (27), ela deu entrada em outra unidade hospitalar privada, que possui convênio com a Prefeitura, com exames laboratoriais positivos para dengue e apresentava sinais de agravamento com dor abdominal intensa, plaquetopenia (com risco aumentado para sagramento) e hipotermia.

O quadro da paciente evoluiu para dengue grave hemorrágica e ela veio a falecer por choque hipovolêmico na madrugada de quarta-feira.

Primeiro caso
— Foto: Reprodução/TV Sudoeste
Uma ex-atacante da equipe de futebol feminino de Vitória da Conquista, morreu vítima de dengue hemorrágica no dia 4 de abril.

A ex-atleta Ely Pites disputou o Campeonato Baiano de 2019 pelo Vitória da Conquista. Ela já passou pelo Juventude e também atuava como árbitra assistente em jogos amadores. Ely tinha 42 anos e estava internada no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC). G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad