Relato de uma pedagoga de Barra do Choça; “trabalhando na colheita do café, consegui pagar minha faculdade” - MACAUBENSE LIFE

Agora

Post Top Ad

sexta-feira, 28 de agosto de 2020

Relato de uma pedagoga de Barra do Choça; “trabalhando na colheita do café, consegui pagar minha faculdade”

“Muito obrigada senhor Jesus Cristo por todas as bênçãos derramadas sobre minha vida”, o agradecimento é da pedagoga, Darlene Brito.

Darlene Brito emocionou a todos, quando publicou em seu perfil em uma Rede Social. Parabéns minha querida!! Já catei muito café e enquanto uns abaixavam o rosto quando eu chegava na cidade, eu ficava de pé com muito orgulho. Que Deus lhe abençoe sempre. Vida na roça melhor lugar, comentou um amigo.

“Nunca irei negar minhas origens, tenho muito orgulho da mulher forte e guerreira que mim tornei ao longo do tempo. Trabalhando na colheita do café, consegui pagar minha faculdade, já finalizando minha graduação”.

Darlene Brito se orgulha em dizer que graças ao seu trabalho nas faxinas, iniciou sua pós graduação em Psicopedagogia Clínica e Institucional, em Vitória da Conquista.“Minha pós-graduação ainda não terminei, mas com fé em Deus, ano que vem termino” Darlene, diz ser grata a Deus por ter conseguido uma vaga de emprego na área área em pedagogia. Emprego o qual, aproveitou o período de interrupção das atividades para matar a saudade nos cafezais, e ganhar uns trocados para ajudar nas despesas.

A Educação transforma vidas, quero ser inspiração,quero passar na vida do outro para somar, não sou coitadinha e nunca fui, sou mulher guerreira que luta e nunca desiste dos seus sonhos. Pedagoga, futura psicopedagoga e um futuro de muitas surpresas”, finalizou. Afinal, além de filho de catadora de café, trabalhou muitos anos na produção de mudas de café, na capina e na colheita de café em Barra do Choça. // Blog do Jorge Amorim




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad