Caetité-BA: Eleitores são multados em R$ 106 mil por postarem pesquisa fraudulenta no Whatsapp - MACAUBENSE LIFE

Agora

Post Top Ad

quarta-feira, 11 de novembro de 2020

Caetité-BA: Eleitores são multados em R$ 106 mil por postarem pesquisa fraudulenta no Whatsapp


A Justiça Eleitoral de Caetité multou dois eleitores
em R$ 106.410,00 (cento e seis mil, quatrocentos e dez reais), por terem postado o suposto de resultado de uma pesquisa não registrada e fraudulenta em dois grupos de WhatsApp de grande alcance na cidade. Eles foram identificados e acionados judicialmente no TRE-BA, naquela comarca.

Os dados publicados apontavam vantagem do candidato a prefeito Aldo Gondim e por essa razão, o Diretório Municipal do Democratas de Caetité representou contra os dois. No último dia 4, o juiz José Eduardo das Neves Brito, da 63ª Zona Eleitoral de Caetité, determinou que os responsáveis pelas postagens se retratassem nos mesmos grupos onde foram publicas as pesquisas, declarando que divulgaram pesquisa falsa, fixando multa diária em caso de descumprimento no valor de R$ 5.000,00, até o limite de R$ 106.410,00. 

Na decisão desta terça-feira, o magistrado considerou que houve descumprimento da determinação e fixou a multo no valor limite antes estabelecido. Para tentar reverter a situação, os representados terão que recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA). Ainda nesta terça-feira, o juiz eleitoral proibiu a divulgação de mais duas pesquisas registradas em Caetité. // Agência Sertão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad