Filha de Belo é presa suspeita de aplicar “golpe do motoboy”. Cantor diz estar “arrasado” - MACAUBENSE LIFE

Agora

Post Top Ad

quinta-feira, 12 de novembro de 2020

Filha de Belo é presa suspeita de aplicar “golpe do motoboy”. Cantor diz estar “arrasado”


Estudante de odontologia Isadora Alkimin Vieira, de 21 anos, foi presa com outras 11 mulheres. Polícia diz que grupo aplicava o golpe a mando de traficantes da Maré. A filha caçula do cantor Belo, Isadora Alkimin Vieira, de 21 anos, está entre as 12 mulheres presas no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (11), sob suspeita de aplicar o golpe do motoboy.

Nesse tipo de crime, um estelionatário se passa por um gerente de banco e liga para a vítima, avisando de um falso problema no cartão de crédito — como uma compra não autorizada ou uma tentativa de clonagem. Na sequência, afirma que vai enviar um motoboy recolher o cartão “para análise”. O cartão é levado e depois usado pelos criminosos em compras. Procurado pelo G1, o cantor se mostrou surpreso e triste com a prisão da filha.

“Tô muito surpreso e arrasado com tudo isso. Eu não sabia de absolutamente nada, falei com ela semana passada por telefone e ainda perguntei de tudo, da faculdade e tal. Dei sempre todo suporte como pai, pensão, faculdade, educação e amor. Me sinto muito triste e quero ser respeitado nesse momento”, disse Belo, através de sua assessoria. Como ainda não tem a formação superior concluída, Isadora não tem direito a ficar numa ala reservada do presídio.
Grupo ligado ao tráfico

Após a prisão, as 12 mulheres passaram por triagem no Presídio de Benfica. Depois, elas foram encaminhadas para as unidades femininas do Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio. A unidade feminina de entrada no sistema é a Cadeia Pública Joaquim Ferreira de Souza. Segundo a polícia, o grupo está ligado a traficantes da Maré. Ainda de acordo com a investigação, o tráfico recebe uma parte do dinheiro obtido no esquema e, em troca, disponibiliza mão de obra e proteção. Na operação que prendeu o grupo, foram apreendidos 11 notebooks, nove máquinas de cartão, 50 cartões de crédito, celulares e outros materiais. // G1.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad