Eunápolis: jovem empresário de 25 anos sem nenhuma comorbidades morre em decorrência da covid-19 - MACAUBENSE LIFE

Agora

Post Top Ad

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2021

Eunápolis: jovem empresário de 25 anos sem nenhuma comorbidades morre em decorrência da covid-19


O administrador de empresas Victor Macedo Silva tinha 25 anos e, mesmo sem nenhuma comorbidade, morreu na manhã desta quarta-feira (03), em decorrência da Covid-19.

O jovem, que era morador de Eunápolis. estava internado há dois dias na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Sagrada Família, em Salvador.

De acordo com familiares, Victor foi transferido para a capital baiana em uma UTI aérea, custeada pelo Governo do Estado, após seu quadro de saúde se agravar enquanto ficou internado durante uma semana no Hospital da Covid-19, em Eunápolis.

“Ele precisou fazer hemodiálise. Até conseguimos na rede particular daqui de Eunápolis, mas os médicos acharam melhor transferi-lo para Salvador, pois o hospital de lá tinha mais recursos”, informou o tio de Victor, Jaílson Bispo.

De acordo com a informação, Victor, provavelmente, contraiu a doença durante uma viagem a São Paulo. Ele retornou para Eunápolis no dia 24 de janeiro com dificuldade para respirar. Após ser avaliado em um hospital da rede particular, no dia seguinte foi encaminhado para a UTI do Hospital da Covid-19.

A internação e a morte precoce de Victor geraram comoção nas redes sociais. Familiares e amigos fizeram uma corrente de oração nas redes sociais.

Victor era filho único do empresário Erionaldo Silva, o “Serrote”, e da advogada Tânia Macedo. Ele era gerente comercial de uma loja de autopeças e proprietário de uma loja de cosméticos. O enterro está previsto para a noite desta quarta-feira, no Cemitério Campo Santo, região do Alto da Boa Vista. Não vai ter velório. //Radar 64

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad