Polícia não tem pistas sobre médico desaparecido na BA; família veio do Acre para acompanhar investigações - MACAUBENSE LIFE

Agora

Post Top Ad

sexta-feira, 28 de maio de 2021

Polícia não tem pistas sobre médico desaparecido na BA; família veio do Acre para acompanhar investigações


A polícia segue com as investigações sobre o desaparecimento do médico Andrade Lopes Santana, de 32 anos. Ele está desaparecido desde a última segunda-feira (24), após sair de casa em direção a Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador.

Andrade é natural do Acre, mas mora em Araci, no nordeste da Bahia, e trabalha em outros municípios da região. A mãe dele e mais seis pessoas da família chegaram em Feira de Santana na madrugada desta quinta-feira (27), para acompanhar as buscas.

“Estou muito aflita, muito ansiosa. Meu filho desapareceu, e a gente está sofrendo muito. Ninguém sabe se está comendo, se está doente, se está mal, o que fizeram, onde está, o que aconteceu”, desabafa Domitília Lopes, mãe do médico.

Ela se recorda de quando ele saiu da cidade de Epitaciolândia, interior do Acre, para exercer a medicina na Bahia, em 2016. "Saiu de casa sozinho com o carro, colocou a mala e veio trabalhar aqui na Bahia”, relembra.

De acordo com o coordenador da Polícia Civil de Feira de Santana, Roberto Leal, por enquanto, o caso está sendo investigado como crime contra o patrimônio.

"Permanece o indicativo de um crime contra o patrimônio. Vamos aprofundar as investigações na cidade de Feira de Santana, verificando se o veículo foi seguido desde que chegou no Rio Jacuípe, bem como se ele passou no retorno, se passou em Feira de Santana ou outra cidade”, disse.

Ainda segundo Roberto, investigadores tentam localizar câmeras de segurança de postos de combustíveis e estabelecimentos da região, que possam ajudar no caso.

O veículo dirigido pelo médico foi achado por policiais rodoviários na região de Conceição do Jacuípe, na BR-101, no mesmo dia em que ele desapareceu. Pessoas ligadas ao médico já prestaram depoimento.

"Estou fazendo um apelo para à população de Feira de Santana, da Bahia, porque sei que é um povo acolhedor, sei que todos estão se sensibilizando com o meu sofrimento. Meu sofrimento é o sofrimento dos amigos, meu filho tinha muitas amizades", desabafa a mãe de Andrade.

Desaparecimento
Andrade mora no município de Araci, cidade a cerca de 220 km de Salvador, mas trabalha em localidades da região nordeste da Bahia (Tucano, Caldas do Jorro e São Domingos, além de Araci).

Ele saiu de casa sozinho, pouco depois de meio-dia de segunda, para comprar uma moto aquática e encontrar com um amigo, no Rio Jacuípe. O amigo disse que ele chegou a enviar uma mensagem que dizia que tinha entrado em Feira de Santana. Desde então, não foi mais visto e nem deu notícias.

O veículo dirigido pelo médico foi achado por policiais rodoviários na região de Conceição do Jacuípe, na BR-101, no mesmo dia em que ele desapareceu. O carro estava ao lado de um barranco, trancado e sem marcas de acidente.

As informações foram dadas por amigos, que procuraram a polícia, pois o médico não tem parentes na Bahia. O caso foi registrado na 2ª Delegacia de Feira de Santana, pelo amigo de Andrade. Quem tiver informações sobre o paradeiro de Andrade pode entrar em contato com a polícia através do número 190. //G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad