Motoboy que morreu em acidente em Itabuna é enterrado; condutor envolvido na batida é médico - MACAUBENSE LIFE

Agora

Post Top Ad

terça-feira, 15 de junho de 2021

Motoboy que morreu em acidente em Itabuna é enterrado; condutor envolvido na batida é médico


O corpo de Madson Santos da Silva, de 20 anos, foi enterrado sob forte comoção nesta segunda-feira (14), em Itabuna, no sul da Bahia. Ele morreu após se envolver em um acidente no centro da cidade, no domingo (13). A família dele pediu por justiça após o autor da batida, que é médico, ser liberado da delegacia após prestar depoimento.

Segundo a Secretaria de Trânsito de Itabuna, o acidente aconteceu por volta das 19h, na Avenida Fernando Cordier, no centro da cidade. O carro seguia em uma transversal e se chocou com a moto. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

Ainda no domingo, motociclistas realizaram um protesto pelas ruas da cidade e na porta do Complexo Policial. Nesta segunda, antes do sepultamento, mototaxistas e entregadores fizeram uma nova manifestação e depois se concentraram em frente ao cemitério, do Pontalzinho, onde o corpo foi enterrado.

A cerimônia foi marcada por pedidos de justiça de amigos e familiares, que estavam consternados com a perda. "Madson era uma pessoa excelente, que desde novo estava trabalhando, correndo atrás do seu sustento de forma honesta e digna", disse o colega Rafael Sousa.

O jovem estava trabalhando no momento do acidente. Há um ano, ele prestava serviços de entregador e nos últimos meses estava em dois empregos, para ajudar a comprar uma casa para a mãe. Durante o dia, atuava como garçom em um restaurante de Ilhéus e à noite, como motoboy.

O jovem morava com a mãe e tinha dois irmãos. "Todo mundo gostava dele. Era uma pessoa assim, que não tenho nem palavras para descrever. Um irmão ótimo, pessoa exemplar, ser humano incrível", disse o irmão da vítima, Girlan Nunes.

A coordenadora regional de Polícia Civil, Ana Paula Fontes, informou que o condutor do veículo, cuja identidade não foi dada pela polícia, esperou uma guarnição chegar ao local do acidente, realizou o teste do bafômetro e o resultado deu negativo.

Segundo ela, as investigações foram iniciadas imediatamente. "Ele ficou no local do crime durante todo o instante, não abandonou o local. Ele foi ouvido e, como manda a lei, foi liberado para responder em liberdade o crime", explicou.

"A gente espera que a justiça seja feita, porque meu irmão estava em momento de trabalho, e o cara foi imprudente", disse Girlan. Testemunhas disseram que o motorista envolvido no acidente é o médico Antero Almeida.

Em nota, a família de Antero Almeida disse que está abalada com o acidente e com a morte de Madson, e manifestou sentimentos e respeito à família do motoboy. Disse ainda que o médico obedeceu as leis de trânsito, ajudou a socorrer a vítima, fez o teste de bafômetro e está à disposição das autoridades para esclarecer os fatos. //G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad