Preso em Minas Gerais, caminhoneiro que matou companheira é transferido para Brumado - MACAUBENSE LIFE

Agora

Post Top Ad

quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

Preso em Minas Gerais, caminhoneiro que matou companheira é transferido para Brumado


A Polícia Civil de Brumado apresentou na terça-feira (15) o acusado de matar a companheira Viviane Ariane dos Reis Santos, 32 anos. O crime aconteceu em setembro de 2019 no bairro Esconso. Deuslírio Alves, foi preso no Estado de Minas Gerais, o acusado tinha fugido para a cidade de Janaúba logo após o crime.

 Ele preso em flagrante com documentos falsos. Em uma ação conjunta entre a Polícia Civil e Poder Judiciário, Deuslírio foi transferido para Brumado, onde em seguida, seguira para o presídio de Vitória da Conquista. Em entrevista ao 97NEWS, o coordenador da 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior (20ª Coorpin), Arilano Botelho, disse que com a parceria entre as Polícias Mineira e Baiana, a transferência ocorreu dentro de todos os trâmites. “Após sair o alvará de soltura pelo crime de documentos falsos, ele permaneceu preso apenas pelo mandado de prisão preventiva decretado pelo juiz da Comarca de Brumado.

 Após os trâmites legais entre Judiciário local e Vara de Execuções Penais de Janaúba [MG], ele foi liberado e hoje o trouxemos para Brumado”, relatou. O feminicídio que vitimou a brumadense Viviane Ariane chocou a cidade. 

Ela foi morta a tiros, em sua residência localizada no bairro Esconso, e na época, o acusado ligou para a família da vítima e confessou o crime. Em depoimento à polícia, a mãe disse que o suspeito ligou para o telefone da casa dela e disse que matou a ex-companheira. //97News


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad