Bahia: Agricultor produz safra de amora fora de época na zona rural do município de Mucugê - MACAUBENSE LIFE

Agora

Post Top Ad

quarta-feira, 7 de abril de 2021

Bahia: Agricultor produz safra de amora fora de época na zona rural do município de Mucugê


O produtor rural, Uvilson Oliveira, produz safra de amora fora de época no povoado de ‘Capãozinho’, zona rural do município de Mucugê, na Chapada Diamantina, e consagrou a primeira safra da fruta no Estado. Ele, que gosta de inovar, antigamente mantinha os cultivos tradicionais. Em 2013, o agricultor foi um dos primeiros a plantar morangos na região. Com os morangos consolidados no mercado, o produtor inovou novamente com as amoras.

Na época, ele nunca tinha experimentado, visto e nem tomado suco da fruta, mas apostou na ideia, após assistir uma palestra. “Terminou a palestra eu já acreditei, comprei a ideia e falei ‘eu acho que aqui vai ser muito interessante’”, ressalta. As primeiras 50 mudas de plantas foram compradas no Rio Grande do Sul, visto que não tinha fornecedor no Nordeste. “Uns 30 a 60 dias depois eu já estava fazendo a plantação”, afirma.

“Eu produzo muito bem, é uma planta muito rústica e superou a expectativa. Das 50 plantas hoje, eu já tenho 1.200 plantas e vou plantar mais 1.200”, explica. Ele começou a produzir as próprias mudas, para economizar. São duas variedades de amoras plantadas – ‘Tupy’ e ‘Brazos’.

Com isso, a safra vem superando a média de produtividade de outros Estados onde o cultivo da amora já é tradição. O clima ameno da Chapada, altitude, temperaturas baixas e a variação de luminosidade durante o dia são aspectos aliados para a plantação. Contudo, também é preciso fazer o manejo correto para conseguir um pomar rentável, que cubra os custos de produção.

Na Chapada Diamantina, nas regiões de Mucugê, Ibicoara e Barra da Estiva já são mais de 80 produtores de amoras. Com a produção dando certo, Uvilson também começou a investir na framboesa. Além disso, segundo o produtor, a colheita de Amora-Negra na Chapada consegue ser feita em qualquer época do ano, seja em frutas in natura, ou em frutas congeladas e derivados. Com informações do Bahia Rural.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad